Afoito por popularidade, Jô Silvestre quer ser espelho do pai

Afoito por popularidade, Jô Silvestre quer ser espelho do pai Fonte da Foto: Divulgação

O fato é que o prefeito Jô Silvestre quer ser espelho de seu pai, que continua em prisão domiciliar, fazendo inveja a políticos que estão na cadeia por muito menos. Denota-se que tanto o pai como o filho que agora é prefeito ainda não percebeu que a festa do “pão e circo” em Avaré não dá mais resultado, principalmente para aqueles que elegeram Jô Silvestre, os servidores municipais e seus familiares.

A esperança de Jô Silvestre é tão grande que ontem ele ligou na Rádio de Ripoli para anunciar que hoje, terça, iria anunciar com grande pompa os shows da Emapa, o que é lamentável para uma cidade que enfrenta sérias dificuldades, inclusive pagando salário depois do Dia dos Namorados e fazendo festa no mês em que se paga o décimo terceiro, prejudicando mais uma vez os comerciantes.

O que os formadores de opinião já perceberam, e inclusive isso é consenso na Câmara de Vereadores, onde nos bastidores a decepção com o prefeito é grande, é que Jô Silvestre ignora o bom raciocínio daqueles que o elegeram, em especial a grande parcela dos servidores e seus familiares. Para eles, se Avaré tivesse um prefeito que, realmente, se preocupa com a cidade, estaria anunciando o aumento do salário dos servidores e a reposição salarial dos professores, e não shows pagos a peso de ouro com dinheiro que vai fazer muita falta no bolso dos servidores avareenses.

Veja Também