PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Agente político de Avaré recebe $3.500 de adiantamento para viagem

Não há como se furtar à verdade, baseada em lei que deve ser cumprida, não podendo haver modificações apenas porque alguém acha que assim pode fazer. É impossível não utilizar a liberdade de expressão para levar à população as ações do atual governo de Jô Silvestre que, de pedalada em pedalada, continua cometendo supostos erros crassos, em favor dos amigos.

A Prefeitura de Avaré deixa público e notório o pagamento de um adiantamento de viagem no valor de 3.500 reais a uma pessoa em cargo de confiança e outra recebe o adiantamento de 1.500 reais também viagem, desrespeitando as normas baseadas em lei editada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Causa estranheza o prefeito Jô Silvestre desconhecer certas normas que podem prejudicá-lo no futuro, uma vez desde 2010 existe um comunicado aos prefeitos em que o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo alerta que, no uso do regime de adiantamento de que tratam os art. 68 e 69 da Lei nº 4.320, de 1964, devem os jurisdicionados atentar para os procedimentos determinados na lei local específica e, também, para os que seguem:

1. autorização bem motivada do ordenador da despesa; no caso de viagens, há de se mostrar, de forma clara e não-genérica, o objetivo da missão oficial e o nome de todos os que dela participarão.  2. o responsável pelo adiantamento deve ser um servidor e, não, um agente político; tudo conforme Deliberação desta Corte (TC-A 42.975/026/08). 3. a despesa será comprovada mediante originais das notas e cupons fiscais; os recibos de serviço de pessoa física devem bem identificar o prestador: nome, endereço, RG, CPF, nº. de inscrição no INSS, nº. de inscrição no ISS; 4. a comprovação de dispêndios com viagem também requer relatório objetivo das atividades realizadas nos destinos visitados. 5. em obediência aos constitucionais princípios da economicidade e legitimidade, os gastos devem primar pela modicidade; 6. não devem ser aceitos documentos alterados, rasurados, emendados ou com outros artifícios quem venham a prejudicar sua clareza; 7. o sistema de Controle Interno deve emitir parecer sobre a regularidade da prestação de contas.

Cabe agora, caso sejam comprovadas irregularidades nessa questão, que a Câmara de Vereadores determine uma sessão extraordinária no sentido de chamar à responsabilidade o prefeito Joselyr Benedito da Costa Silvestre, o Jô Silvestre, mesmo se necessário for levar até o Ministério Público para que tome conhecimento do que vem ocorrendo, porque, se fosse no governo de Paulo Novaes, seria de imediato massacrado publicamente e até mesmo responderia  juridicamente por uma ação dessa natureza que a Prefeitura expõe agora.

 

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

18 de novembro, 2017

Setor de Oncologia: o certo é resolver o problema

18 de novembro, 2017

Santa Casa envia nota sobre caso Oncologia

18 de novembro, 2017

Prefeitura vai processar motoristas da frota municipal devido a multas

18 de novembro, 2017

Vereador questiona preço de aluguel e lembra Tucão

18 de novembro, 2017

Prefeitura informa que prédio vai oferecer melhor acesso

18 de novembro, 2017

João Cury se reúne com o PSDB de Avaré

18 de novembro, 2017

“FSP sonha com você”, faz mais três felizardos

18 de novembro, 2017

Cai a arrecadação da Prefeitura de Avaré, diz vereador

18 de novembro, 2017

Câmara ajuda Prefeito e ainda recebe críticas

17 de novembro, 2017

Duplicação da SP 255 está empregando mais de 1.000 pessoas

17 de novembro, 2017

Campanha da Acia movimenta comércio

17 de novembro, 2017

Pagamento do PIS/Pasep começou hoje

17 de novembro, 2017

Avaré sediará encontro do Fundecitrus na próxima semana

17 de novembro, 2017

Avaré sediará Rally dos Amigos em dezembro

17 de novembro, 2017

Xadrez: Márcio Sanches é heptacampeão avareense

17 de novembro, 2017

Servidor não pode impedir que órgão divulgue seu salário, diz ministro do STJ

17 de novembro, 2017

CNJ exige que tribunais informem pagamentos de todos os magistrados

16 de novembro, 2017

Qual será a verdadeira história da Oncologia em Avaré?

16 de novembro, 2017

Zandoná pede informações à Secretaria da Educação

16 de novembro, 2017

CPI da Fampop realiza oitiva de testemunhas

16 de novembro, 2017

Abertas inscrições para vestibulinho da Etec

16 de novembro, 2017

Câmara realizará audiência sobre Plano Municipal de Mobilidade

Ir para o topo