Agressão a um pintor desperta solidariedade em outros

Agressão a um pintor desperta solidariedade em outros Fonte da Foto: Marcello Ribeiro

Não pegou bem para Avaré uma cidade que aparece em revistas e jornais como uma cidade pacífica em que está entre as 20 melhores cidades para se envelhecer, enquanto que alguns adolescentes aproveitam para borrar o nome da cidade ao agredir gratuitamente um cidadão na praça principal.

Esse comportamento de alguns jovens em agredir gratuitamente um pintor, possivelmente por suas vestes ou por estar um pouco alegre, não pode servir como argumento para que mereça ser agredido pelos jovens.  As providências, segundo informações, já foram tomadas pelas autoridades e que teria sido levado ao conhecimento do Ministério Público.

O comportamento desses jovens em agredir gratuitamente o pinto Rogério Bruder, fez com que muitas outras pessoas tivessem uma postura interessante que é no sentido de ajudar o pintor Rogerio Bruder, que estaria recebendo visita não apenas dos vizinhos, mas também pessoas da cidade estão colaborando com o pintor, por ser uma pessoa humilde.

De acordo com informações ele deverá estar, nos próximos dias, recebendo doações como cesta básica, roupas e blusa, como também cobertores o que mais ele precisa. Essa é uma prova que em Avaré também existe pessoas solidarias que pensam no mais humilde o que não dá para entender como estudantes adolescentes ainda tem a coragem de agredir uma pessoas sem uma explicação plausível.

Veja Também