Algumas decisões são guardadas a sete chaves pelo CMPD

Algumas decisões são guardadas a sete chaves pelo CMPD Fonte da Foto: Assessoria

Como justificativa foi destacado que "o principal motivo que norteia este Requerimento é a manifestação contrária que a Comunidade do Balneário Costa Azul promove contra a alteração de Zoneamento, tendo em vista a forma que determinados integrantes da Comissão Municipal do Plano Diretor querem impor para toda a região da represa". Consequentemente os costazulenses ainda cobram a devida e legal transparência desta ação.

Também enfatizaram que "tamanha contrariedade (um misto de revolta e repulsão) contra as mudanças da ZUD - Zona de Urbanização Dirigida da Represa se verifica nos Ofícios protocolados junto ao CMPD (datados de 7 e 14 de Agosto respectivamente, para os quais não se teve resposta. Sem contar as várias MSGs via WhatsApp enviadas para o vice presidente Eduardo Zanella!!!), assim  como em alguns textos postados no Facebook Balneário Costa Azul - Avaré, em jornais virtuais avareenses (Jornal do Ogunhê e Jornal A Bigorna), tudo de forma incisiva, contundentes até, apontando que um possível ato ilegal, eventualmente ilícito, pode estar ocorrendo (ou, em algum momento, ainda sobrevir), trazendo imensos prejuízos ao Reservatório de Jurumirim com a poluição que novos empreendimentos imobiliários, Marina e Casa de Barco, instalados no afogadilho, fatalmente proporcionarão".

Em sendo assim, cumprindo o papel constitucional de Agente Fiscalizador que o texto legal lhe outorga, é que "Toninho da Lorsa", na função de Vereador; prestativo e eficaz; atendeu aos apelos da Comunidade do Entorno do Reservatório e está buscando informações concretas através deste Requerimento para formar opinião precisa e contribuir na busca de solução aceitável; justa e lógica; para um impasse que pode ter sérios e irreversíveis desdobramentos, inclusive com o Ministério Público Estadual sendo acionado.

 

(por: Carlos Cam Dantas

e-mail avozdarepresacam@gmail.com)

Veja Também