Até dezembro, cresce especulação sobre novo presidente da Câmara

Até dezembro, cresce especulação sobre novo presidente da Câmara Fonte da Foto: Divulgação

Fica muito difícil dizer agora quem deverá ser o novo presidente do Legislativo, pois o passado nos mostrou como certos vereadores agem e reagem quando têm os olhos voltados para essa cadeira e, desta vez, não será diferente; poderão ocorrer até ter acertos de última hora, mas isso não quer dizer que o panorama mude completamente quanto à situação e oposição.

Por certo, existe um grande interesse da base do prefeito que a presidência caia nas mãos de um deles, mas, pelo que vem sendo muito comentado nos meios políticos, não se vê onde estaria o interesse do grupo do prefeito pela presidência da Câmara, a não ser que a mudança que tanto falam venha a ser radical, jogada que estaria longe de alguém entender; nada está perceptível, pelo menos até agora, ficando tudo no campo da especulação e na opinião de alguns amigos do vereador Roberto Araújo.

Apenas dizer que o novo presidente é do lado do prefeito não quer dizer que possa mudar o cenário político dentro do Legislativo, pois, como conta um veterano político, é muito difícil acreditar que haverá traição por parte de alguém da oposição que venha a votar para que um da situação venha a ocupar a cadeira de presidente, apenas pela amizade, quando está em jogo a fidelidade partidária e alguns conceitos que precisam ser levados em conta.

Quem leu a matéria no jornal A Comarca desta semana poderá entender que alguns que estão na lista ainda não estariam definidos porque precisam dialogar com o partido. Agora, acreditar que possa haver uma suposta traição por parte de alguém da oposição para colocar um vereador da situação parece ser apenas uma conversa de bastidores, até porque, apesar de alguns problemas já ocorridos, a oposição do grupo dos 7 continua firme na mesma linha e direção.

 

Veja Também