Autorizada cobrança de mais dois pedágios na região

Autorizada cobrança de mais dois pedágios na região Fonte da Foto: divulgação

A Arteris ViaPaulista, empresa integrante do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo responsável pela administração de 285 quilômetros de rodovias, iniciará a operação de duas praças de pedágio à zero hora desta quarta-feira, dia 29 de maio. A matéria é do site A Estância.

Os pontos de cobrança estão localizados nas cidades de Botucatu e Itaí, nos quilômetros 229+040m e 306 da SP-255, respectivamente. A cobrança de pedágio foi autorizada após a conclusão integral do Plano Intensivo Inicial (PII), extenso pacote de melhorias que levou, de Araraquara a Barão de Antonina, as mesmas condições de segurança e trafegabilidade presentes nas demais rodovias sob administração da Arteris no Brasil.

Esse primeiro trabalho durou um ano e demandou investimentos na ordem de R$ 170 milhões. Até o momento, a empresa instalou e reparou, no total, mais de 61 mil metros de cercas, recuperou e implantou 12 mil metros de dispositivos de drenagem e instalou cinco quilômetros de defensas metálicas. Apenas de pavimento asfáltico foram mais de 36 mil metros cúbicos, alterando o cenário rodoviário de toda a região. O contrato de concessão da Arteris ViaPaulista traz inovações quanto à segurança dos usuários que utilizam as praças de pedágio sob sua administração. Toda a malha viária contará com rede wi-fi para que o usuário consiga se comunicar com a concessionária por meio de smartphones, informando a existência de anormalidades na pista ou solicitando informações sobre a situação do tráfego. Outra novidade é o desconto de 5% nas tarifas para os veículos que utilizarem as vias automáticas de cobrança.

“O Sistema Arteris ViaPaulista já oferece um novo padrão de segurança e trafegabilidade ao usuário, com atendimento médico pré-hospitalar, inspeção de tráfego, monitoramento 24 horas por dia, guinchos leve e pesado e outros benefícios. As próximas etapas do trabalho envolvem, ainda, a duplicação de mais de 270 quilômetros, instalação de alças de acesso e retorno, viadutos, passarelas e ciclovias. Nosso trabalho já tem resultados importantes: redução de 50% no número de fatalidades e de 17% no de vítimas se comparado o primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período de 2018”, explica André Bianchi, diretor de operações da concessionária.

Veja Também