Banda Marcial estreou no desfile dos 157 anos de Avaré

Banda Marcial estreou no desfile dos 157 anos de Avaré Fonte da Foto: Divulgação

Criada no início deste ano pela Secretaria da Cultura, a Banda Marcial Municipal, composta por jovens instrumentistas da cidade, participou oficialmente dos festejos dos 157 anos de fundação de Avaré, na manhã do último domingo, 15. Foi o primeiro desfile com a presença da nova corporação, que tem na regência o maestro João Mateus Rúbio Arruda.

“A formação de uma Banda Marcial era uma das metas do plano de governo da gestão atual para motivar a juventude a despertar para a prática da cultura musical. A Prefeitura investiu na aquisição de instrumentos, na contratação do regente e na compra dos uniformes. Assim nasceu a nova banda que já está encantando o público”, destacam os dirigentes do setor.

As aulas e os ensaios da Banda Marcial ocorrem semanalmente no Centro Cultural Esther Pires Novaes. A maior parte dos seus integrantes são egressos do Projeto Guri.

Quem é quem

Por enquanto, dezessete são os integrantes da Banda Marcial, cujo regente é o trombonista João Mateus Rúbio Arruda, de 28 anos. Ele começou sua carreira no Conservatório de Tatuí, depois graduou-se em pedagogia na FREA, onde hoje leciona musicalização. Criou a Orquestra John Brass e coordena a Banda Musical do Colégio Universitário.

A primeira Banda Marcial mantida pela Prefeitura está assim composta: Hellen Lemos Alvarenga (trombone de vara), Fred Correa (caixa), Gilmar Henrique Fragozo (tuba), Luís Cláudio Barbosa (trompa), Jennifer Verônica dos Santos Oliveira (trombone de vara), Michele Adriana de Oliveira (caixa), Leonardo Fernandes Rocha (prato), Mateus Valentino Viveiros (tuba), Alejandro Felipe Monteiro Gallegos (bumbo), Luiz Scudeler (trompa), Misael Augusto de Freitas Leite (trompete), Jonatas de Freitas Silva (trompete), William Batista Araújo (trompete), Christy Ellen Araújo Alves (trompete), Juliana Schmitd Antonio (quadritom), Renan Octávio da Cruz (trombone) Cristiano Aparecido dos Santos (trombone de vara), Eduardo Santos (trompete), Luiz Henrique Leite (trompete), Carlos Gomes (trombone), Mateus Franco (trompa), José Maurício (trompa) e Isabela Nascimento (trombone).

A única baliza da corporação é a estudante Ana Bárbara Theodoro da Silva, enquanto o corpo coreográfico, orientado pelo artista e educador Igo Oliveira Brito, é composto pelas jovens Maria Eduarda Lucas de Oliveira, Ana Laura Sanches dos Santos, Beatriz Sanches dos Santos, Cássia Queren Gagliotti de Campos e Lucilene Graziele da Silva Messias.  (da assessoria)

 

Veja Também