Câmara precisa agir no caso Comtur, dizem avareenses

Câmara precisa agir no caso Comtur, dizem avareenses Fonte da Foto: Assessoria

A Câmara de Vereadores de Avaré precisa ficar mais atenta ao que vem ocorrendo no Conselho Municipal de Turismo, onde a formação do Conselho, vista como a extensão do gabinete do prefeito, jamais seria aceita na época de Paulo Novaes, destacam alguns avareenses que não concordam com a formação do Conselho do Comtur.

Verificamos que em outras cidades representantes de diversos setores fazem parte do Conselho, mas sem ligações umbilicais políticas, podendo ser discutidos assuntos de grande relevância, sem que supostos interesses pessoais venham à frente.

Pelo que consta, o prefeito de Avaré fazer parte do Comtur como Conselheiro é outro ato inusitado, pois se fosse Paulo Novaes que estivesse nessa posição, quando prefeito, teria sido feito de tudo para que não continuasse, o que deixa notório que no governo atual tudo pode.

O Jornal do Ogunhê vem sendo abordado por pessoas tradicionais da cidade que pedem para que este jornal não se acanhe por ameaças veladas e que continue seu trabalho que é levar os fatos reais e que também cobre uma ação efetiva dos vereadores para que façam alguma coisa no sentido de não permitir um aparelhamento no Comtur, cujos indícios mostram que o interesse sobre o Arenão é de cunho pessoal, um sonho do pai do prefeito.

Veja Também