Candidatas querem impugnação de eleição do Conselho Tutelar

Candidatas querem impugnação de eleição do Conselho Tutelar Fonte da Foto: ilustrativa

Baixa participação popular e cercada de denúncias de irregularidades. Alguns candidatos que participaram da eleição do Conselho Tutelar de Avaré, realizada no último dia 6, afirmam que ocorreram irregularidades no pleito. A matéria é do jornal A Voz do Vale.

De acordo com o jornal, uma denúncia foi protocolada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), na semana passada, pelas candidatas: Juliana Cristina da Silva Mira, Liliane de Melo Villen e Mariana Domingues Leite.

As denunciantes afirmam que a fiscal de uma das candidatas teria sido agredida verbalmente pela fiscal de outra candidata, fato que teria sido presenciado por uma representante do Ministério Público, que acompanhava a eleição.

Elas relataram ainda que nomes de alguns eleitores aptos não constavam na lista de registro do Cartório Eleitoral e, por isso, eles não puderam votar.

As candidatas ainda dizem que em algumas urnas havia votos a mais que o número de votantes. Já em outras, constavam cédulas a menos.

Elas também revelam que, antes mesmo da eleição, protocolaram no CMDCA uma reclamação, informando que uma das candidatas teria feito um vídeo ao lado de uma figura pública da cidade fazendo propaganda. Porém, a denúncia não teria sido analisada.

As candidatas solicitam a impugnação da eleição.

Veja Também