Caso do transporte escolar irregular ganha repercussão

Caso do transporte escolar irregular ganha repercussão Fonte da Foto: Secretaria de Comunicação

Foi manchete na edição de ontem, dia 16 de agosto, no jornal A Comarca o caso dos alunos de escolas particulares que estavam usando transporte escolar municipal, matéria que vem ganhando repercussão na imprensa de Avaré.

Tudo isso depois que a secretária de Educação, Josiane Medeiros, suspendeu os passes e admitiu que sabia da irregularidade. Segundo informa a A Comarca, mesmo sendo irregular, a secretária permitia que alunos de escolas particulares utilizassem o transporte público da Prefeitura.

O caso, como explica o jornal A Comarca, foi denunciado ao Tribunal de Contas da União pela vereadora Adalgisa Ward acerca de um mês e, nesta semana, a secretária Josiane suspendeu o transporte para alunos das escolas particulares, alegando que a decisão foi tomada em detrimento da denúncia da vereadora.

Segundo o jornal, a redação teve acesso a um áudio em que a secretária aparentou estar ciente das irregularidades, afirmando temer as consequências por ter autorizado o transporte aos estudantes de escola particulares. A Comarca traz detalhes importantes sobre o caso e o artigo  merece ser lido para que o avareense tenha ainda melhor conhecimento sobre o caso.

Veja Também