Centro Administrativo também é vítima de goteiras

Centro Administrativo também é vítima de goteiras Fonte da Foto: Divulgação

Percebe-se que o prefeito Jô Silvestre e muito menos o primeiro escalão do governo não estão demonstrando nteresse pelo que acontece na cidade, mesmo que seja onde a maioria de servidores trabalha, como é o caso do Centro Administrativo que está sendo tomado por goteiras; segundo a fonte, elas aparecem em quase todos os setores, inclusive ficando a laje cheia de água acumulada.

A informação é no último dia 27 de novembro, a exemplo da Escola Municipal Alzira Pavão, o mesmo teria acontecido no Centro Administrativo e também no Paço Municipal, ficando totalmente alagado, enquanto o prefeito está preocupado com a Emapa.

No Paço Municipal tudo voltou ao normal no dia 27 de novembro, após as 10 horas, mesmo assim até as 10:05 horas de ontem estava sem energia. Servidores não conseguem assimilar essa situação em que setores atendem a população deixem um exemplo dessa natureza, contrastando com os verdadeiros interesses do prefeito Jô Silvestre, que agora está ocupado com a realização da Emapa.

Veja Também