PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Ciclista avareense faz sucesso fora de Avaré

 

 

 

 

 

 

A impressão que temos é que, realmente, Avaré seja uma cidade contaminada pela política e que chega a esquecer de fatos importantes que em várias cidades está fazendo grande sucesso e levando o nome de Avaré, enquanto que aqui, pouco é lembrado.

Esse é o caso do atleta clicista Carlos Henrique Paixão filho do sitiante José Aparecido Paixão mais conhecido como Nino e Carmem Silva Paixão, que nasceu e cresceu em Avaré, onde foi criado junto com 3 irmãos  na pequena propriedade de seu avô (Carlos Paixão), num sitio no bairro três coqueiros onde trabalhou na infância e parte da adolescência.

Aos 14 anos incentivados pelo seu amigo e companheiro de pedal Rodrigo Javaro começa a participar de provas da cidade e começa a ter destaque no primeiro ano. Logo após, começa a disputar provas regionais sem patrocino somente com a ajuda de seus familiares e comerciantes locais como seu amigo e companheiro de ciclismo Maurício Mendes, aonde começa a chamar a atenção de patrocinadores da modalidade.

Conhecido pelos seus familiares, amigos e companheiros de ciclismo pela dedicação e esforço de alcançar seus objetivos. Paixão como é conhecido foi Campeão paulista em 2000 sem patrocino, em 2001 fecha contrato com a Giant e corre pela equipe (Cicloleriense), correu por 4 anos. A Giant acaba com sua equipe de Mountain Bike, só ficando com a equipe de Ciclismo sendo assim termina seu contrato. No ano seguinte fecha contrato com Sundown onde correu por um ano, logo após fecha com a Action Way de seu amigo Adriano uma empresa que dá consultoria para atletas profissionais, por um ano apenas. Atualmente corre sem patrocínio, correndo por conta própria e obtendo bons resultados. O que chama a atenção é que o nome do atleta não é lembrado pela Secretaria de Esportes e muito menos pelas autoridades que governam a cidade.

Trata-se de um ciclista avareense que vem se despontando há muito tempo e até mesmo disputando com atletas de outros países e vencendo sempre, levando o nome de Avaré para muito longe e sem qualquer patrocínio. Este é um nome que não pode ser esquecido: Carlos Henrique Paixão

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

20 de janeiro, 2018

Prefeito garante municipalização do aeroporto

20 de janeiro, 2018

Prefeitura começa a preparar carnaval na Emapa

20 de janeiro, 2018

População quer mais ação dos jornais sobre Portal da Transparência

20 de janeiro, 2018

Semanário Oficial sem explicação plausível

20 de janeiro, 2018

Prefeitura colocou no orçamento secretarias que não existem

20 de janeiro, 2018

Prefeitura não se entende com nome de Secretaria

19 de janeiro, 2018

Avareenses fazem fila em busca de vacina contra febre amarela

19 de janeiro, 2018

Motorista é flagrado com mais de 70 quilos de maconha

19 de janeiro, 2018

PL sobre vicinais aguardam sanção do governador

19 de janeiro, 2018

Projeto “Segunda sem Carne” é vetado por governador

19 de janeiro, 2018

Prorrogado prazo para inscrição no Cadastro Rural

19 de janeiro, 2018

Prefeito, as coisas não são como antigamente

19 de janeiro, 2018

Turismo diz que apoiou vários eventos, mas não cita tipo de apoio

19 de janeiro, 2018

Praia Acessível oferece segurança ao lazer de portadores de deficiência

19 de janeiro, 2018

Entregues certificados aos alunos do Curso Via Rápida Emprego

19 de janeiro, 2018

Justiça nega prisão domiciliar ao deputado Paulo Maluf

19 de janeiro, 2018

Festa de São Sebastião começa hoje no pátio da São Benedito

18 de janeiro, 2018

Prefeitura destina 10 mil para secretaria não criada

18 de janeiro, 2018

PM apreende quadriciclo que andava pela represa

18 de janeiro, 2018

Preso da região é extraditado para a Suíça

18 de janeiro, 2018

PIS para nascidos em janeiro e fevereiro começa a ser depositado

18 de janeiro, 2018

Secretaria de Esportes retoma escolinha de Futsal Feminino

Ir para o topo