Começa contenção da erosão do Jardim Europa II

Começa contenção da erosão do Jardim Europa II Fonte da Foto: Secom

Na última sexta-feira, 1º de dezembro, máquinas da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp) deram início aos trabalhos de contenção da forte erosão que preocupa os moradores do Jardim Europa II.

 Por meio de uma contratação emergencial, autorizada pela Câmara na última segunda-feira, 27, a Prefeitura vai investir cerca de R$ 500 mil nos trabalhos de estabilização da erosão urbana causada por águas pluviais, causa de imensas rachaduras, supressão da vegetação nativa, assoreamento do Ribeirão do Camargo e degradação do solo com sérios impactos ambientais.

 Os trabalhos serão realizados em várias etapas. A primeira delas prevê a estabilização do terreno. Depois, a Secretaria de Obras deverá construir cerca de 40 caixas de contenção de impacto interligadas por uma tubulação específica para o escoamento das águas das chuvas. Ao final, nova compactação do solo e recuperação ambiental de toda a área do Parque Ecológico Therezinha Teixeira de Freitas.

A partir da próxima quarta, 5, outros maquinários deverão chegar ao local para intensificar os serviços projetados para durar até 60 dias.

Veja Também