Denúncia aponta para suposto assédio moral do secretário da Saúde

Denúncia aponta para suposto assédio moral do secretário da Saúde Fonte da Foto: Divulgação

De acordo com o jornal A Comarca, um caso de suposto assédio moral que teria sido cometido pelo secretário de Saúde, Roslindo Wilson Machado, contra funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Avaré, situação que  gerou uma denúncia no Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Avaré e Região.

O caso teria ocorrido no dia 3 de dezembro, à tarde, quando Roslindo esteve na nova sede do Samu, onde supostamente teria se alterado com funcionários do serviço. Ele nega o ocorrido e, por telefone, disse à reportagem do jornal A Comarca que esteve lá somente para uma vistoria e para verificar as condições do novo prédio.

Em resposta a um questionamento da Comarca, o presidente do Sindicato, Leonardo do Espírito Santo, afirmou que “é deprimente perceber as formas de agir, diante dos problemas, de parte do Executivo Avareense. A chamada ‘Síndrome do Pequeno Poder’ que, possivelmente, afeta o responsável pela Saúde de Avaré, se já percebida por alguns, anteriormente, deixa claros sinais, nos dias atuais, de que está se agravando. Ele se acha acima da lei e de todos, mas se esquece de que seu cargo tem, sim, prazo de validade”, disse.

Ainda segundo Leonardo, o Departamento Jurídico do Sindicato já enviou ofício pedindo esclarecimentos à Prefeitura. “Passado o prazo legal, protocolaremos mais uma denúncia de assédio moral contra esse senhor diretamente no Ministério Público do Trabalho que tomará, como em situações anteriores, as medidas punitivas cabíveis ao caso”, disse.

Após contato telefônico, Roslindo Machado pediu à reportagem que entrasse em contato com sua assessoria junto à pasta, que reforçou a versão do secretário. Sobre o assunto, a Secretaria da Saúde afirmou que: “ainda não tomamos conhecimento da denúncia e em relação ao suposto teor de assédio contra servidores do SAMU, informamos que tal não ocorreu, e que sempre houve tratamento respeitoso por parte desta Secretaria em relação a todos os funcionários subordinados à pasta. Oportunamente estaremos respondendo a todos e a quaisquer questionamentos. Independentemente de tais questões, a Secretaria está adotando medidas ativas no sentido de garantir ambiente profissional a todos os servidores subordinados à pasta e, desde já nos colocamos inteiramente à disposição de qualquer funcionário que tenha algum tipo de reclamação ou demanda junto a esta Secretaria”.

A Secretaria de Saúde está convocando todos os servidores da pasta para uma palestra a ser realizada no dia 8 de janeiro, às 14 horas, na sede da autarquia municipal, com o tema “Assédio no Ambiente de Trabalho”.

A iniciativa está sendo realizada em razão de terminação do Ministério Público Federal do Trabalho, sendo que, no ofício de convocação está salientado que “a presença é obrigatória por determinação judicial”.

No documento consta ainda que a Unidade de Saúde deverá ser fechada no horário da palestra e que tal deverá ser informado à população por meio de comunicado avisando a respeito do fechamento da mesma.

 

Veja Também