Espantando os passarinhos antes da hora...

Espantando os passarinhos antes da hora... Fonte da Foto: ilustrativa

O Jornal do Ogunhê já deu várias canetadas de véspera jogando água no chope de muitos políticos de Avaré, essas canetadas de véspera, chamadas por um vereador como “espanta passarinho” já ocorreram por diversas vezes e por uma razão necessária - para evitar que males maiores viessem a mexer no nosso bolso, pois uma grande parcela de dinheiro que entra nos cofres da Prefeitura hoje vem dos impostos que pagamos e não pode virar salário de supostos incompetentes.

No caso do vereador cassado Tucão, na ocasião, resolvemos não “espantar o passarinho”, apenas usamos aquilo que nos é direito, que é denunciar e pedir a cassação do vereador, fato que teve importante participação deste jornal que um vereador classifica como marrom, justamente por ter jogado água no chope dele também.

Este jornal também foi responsável, depois de publicar várias matérias a respeito da criação de uma secretaria para Negócios Jurídicos levando ao conhecimento da população que se tratava de uma situação extremamente nociva não apenas à sociedade, mas também criava a oportunidade da cidade cair nas mãos de um "Primeiro Ministro”.

O projeto de lei que criava essa pasta não passou pelo crivo da Câmara, inclusive colocando em xeque a palavra daqueles vereadores que compactuava com a criação da pasta, inclusive o vereador que elegeu esse jornal de “imprensa marrom”, vindo o advogado indicado para a referida pasta a ser preso e, sumariamente, exonerado do cargo. Dessa forma, se necessário, vamos espantar os passarinhos na hora certa ou se necessário vamos esperar tomarem conta do alpiste para depois narrar a história, mas a verdade vai perseverar.

 

Veja Também