Ex-prefeito de Avaré critica decisão de Michelle Bolsonaro

Ex-prefeito de Avaré critica decisão de Michelle Bolsonaro Fonte da Foto: internet

A futura primeira-dama, Michele Bolsonaro solicitou que a obra “Orixás” da artista avareense Djanira Mota seja retirada do Palácio da Alvorada. A decisão foi revelada em reportagem publicada na Folha de São Paulo, nesta segunda-feira, dia 17.

Essa é a segunda vez que o quadro é retirado do Palácio do Planalto, a primeira foi durante o governo de Ernesto Geisel (1974-1979), general adepto ao luteranismo.

O ex-prefeito e jornalista, Rogélio Barchetti, que sempre foi ferrenho defensor das causas culturais do município, saiu em defesa da tradição artística e criticou a decisão de Michelle Bolsonaro afirmando que “é lamentável a primeira-dama do Brasil ser tão ignorante em artes plásticas. “O quadro é internacionalmente famoso. Pedisse a opinião de alguém antes de tirar um quadro com repercussões mundiais. Sempre que fui lá no Palácio, encantava-me. Agora falta tirarem também o quadro dela do Palácio dos Bandeirantes”, afirmou ao jornal A Comarca.

Veja Também