Ex-secretário Ciconne desafiou vereador Estati

Ex-secretário Ciconne desafiou vereador Estati Fonte da Foto: Ogunhê

A causa de tudo isso foi a apresentação de um projeto popular liderado pelo ex-secretário Paulo Ciconne que representando várias e importantes entidades da cidade, que falava sobre os 3 meses de recesso parlamentar, que foi discutido na Câmara e em primeira votação foi aprovado por unanimidade a redução desse recesso.

O que chamou a atenção e culminou numa discussão desnecessária, foi que depois na segunda votação, a base do prefeito Jô Silvestre, votou contrariamente levando a Câmara a arquivar essa conhecida de grande vergonha política para Avaré. Durante a discussão o vereador Carlos Alberto Estati possivelmente tenha exagerado como sempre fez séria acusação contra Ciccone, dizendo que ele trouxe uma bomba para dentro da Câmara.

Em continuidade, relembrou de um fato que o ex- secretário nem teria tido participação que foi sobre o ITBI, quando o vereador Estati sem conhecimento algum do assunto, acusou Paulo Ciccone de ser o responsável pelo aumento do ITBI, o que fez com que o ex-secretário de Poio Novaes solicitasse do Plenário para esclarecer alguns pontos ao vereador Estati.

Paulo Ciccone disse que não teve nenhuma participação sobre o projeto do ITBI e que essa discussão ficou por conta da Secretaria de Fazenda e do gabinete do prefeito. Depois disso Paulo Henrique Ciccone que se sentiu ofendido e desrespeitado  desafiou o vereador Carlos Alberto Estati a apresentar qualquer documento que comprovasse a sua participação. Ao usar da palavra o vereador Estati na opinião de Ciconne só fez cortina de fumaça para justificar o voto pela continuidade de 3 meses de recesso parlamentar, o que foi considerado pela oposição como um ato vergonhoso da Câmara de Vereadores de Avaré. Carlos Alberto Estati não teve argumentação para se defender. 

Veja Também