Fundador da Fampop não participará do evento

Fundador da Fampop não participará do evento Fonte da Foto: Divulgação

Pois bem, para quem faz força para induzir nossos leitores a acreditar que este jornal só escreve “boatos”, o assunto agora a discutir mostra muito bem como é a maneira da família Silvestre fazer política na cidade, tendo como respaldo a emissora da esposa do deputado Campos Machado.

Quando foi perguntado ao jovem Secretário de Cultura, Diego Beraldo, qual seria o papel do fundador do festival da Fampop, Juca Novaes, o Secretário respondeu que “nenhum”, o que deixa um registro bem fundamentado de um esquecimento porque o festival é de Avaré e não da Prefeitura; mostra que quem manda são os Silvestres.

Diego Beraldo disse que a atual comissão organizadora quer renovação para a Fampop, mas pelo visto o evento é natural e não mudou em nada, por isso não existe qualquer tipo de renovação, mas, sim, um ato extremamente político.

Ignorar o presidente fundador da Fampop de Avaré, Juca Novaes, já era de se esperar e deixa claro por  que Avaré não cresce intelectualmente e em sua maneira de fazer política.

O que está sendo esperado pelos críticos de plantão, aqueles que não saem de cafés e padocas da cidade é a postura que a programação da emissora da esposa do deputado Campos Machado vai ter desta vez, já que no ano passado o simples gasto e até doação para a Casas das Meninas foi um prato cheio para o programa jornalístico. Qual será a saída que irá usar a emissora para defender esse evento tão triturado no ano passado?

 

Veja Também