PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Governo licita obras da Raposo Tavares e Madalena vê trabalho realizado

Na tarde de ontem, dia 31, no Palácio dos Bandeirantes, aconteceu a assinatura da autorização para a publicação do edital dos primeiros quatro lotes das obras da Rodovia Raposo Tavares, a SP-270.

Nesta primeira etapa, que vai beneficiar os municípios de Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes e Canitar e Ourinhos, será feito um investimento de R$ 302 milhões. O governo estima que as obras para essa primeira etapa comecem ainda este ano.

“Trata-se do segundo maior investimento em obras em todo o Estado, ficando apenas atrás do Rodoanel”, disse o governador Geraldo Alckmin, referindo-se ao total dos investimentos, que, somado à segunda etapa, no trecho que vai de Itaí até Itapetininga, atingirá R$ 800 milhões.

O deputado estadual Ricardo Madalena, coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da SP-270, faz questão de recordar que a luta foi iniciada em 2013 ao serem coletadas mais de seis mil assinaturas em abaixo-assinado. “Acompanhado de vários prefeitos da região, entregamos o abaixo-assinado ao secretário Estadual de Transporte da época”, lembra Madalena que na ocasião era superintendente do DNIT-SP.

“Além da melhoria da rodovia, essa obra vai gerar centenas de empregos, trazendo mais benefícios às famílias que vivem na região e fortalecendo a economia de todos esses municípios”, disse Madalena.

Intervenções

Os quatro primeiros lotes compreendem o trecho do km 295,4 ao km 373. Nestes 77,6 quilômetros de extensão, serão realizados serviços para a recuperação da pista, dos acostamentos, implantação de faixas adicionais em locais específicos, melhorias nos acostamentos, sistema de drenagem e revitalização completa da sinalização.

Além do aumento na segurança viária com melhores condições de infraestrutura, as obras impulsionarão o desenvolvimento socioeconômico da região, com maior desenvoltura no escoamento da produção agrícola, industrial e no deslocamento da população.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

24 de fevereiro, 2018

Assunto polêmico volta a ser discutido na Câmara dia 5 de Março

24 de fevereiro, 2018

Câmara acaba promovendo discurso de ódio

24 de fevereiro, 2018

A mesma Câmara teve vereador transgênero

24 de fevereiro, 2018

Morelli pode ter praticado quebra de decoro

24 de fevereiro, 2018

Câmara discute quebra de decoro de vereadora

24 de fevereiro, 2018

Ripoli criticou aumento do vale-alimentação e teve que escutar

24 de fevereiro, 2018

Professores participam de oficinas de capacitação

24 de fevereiro, 2018

Professores ouvem palestra sobre relações humanizadoras

24 de fevereiro, 2018

O que fazer com os produtos sem giro?

23 de fevereiro, 2018

Processo: Jô Silvestre pode estar próximo de perder os direitos políticos

23 de fevereiro, 2018

C. César: vereador presta depoimento sobre vídeo com Zaloti

23 de fevereiro, 2018

Carnês de IPTU já estão sendo entregues

23 de fevereiro, 2018

Concurso da Ceagesp tem vagas para Avaré

23 de fevereiro, 2018

Médico é acusado de mandar “nudes” de dentro de hospital

23 de fevereiro, 2018

Reunião confirma união para permanência da ABQM na cidade

23 de fevereiro, 2018

Internautas discutiram atitude de vereador

23 de fevereiro, 2018

Botucatu poderá virar Estância Turística

23 de fevereiro, 2018

Rodovia Coronel Macedo/Itaporanga continua interditada

23 de fevereiro, 2018

TJ-DF mantém condenação de Joaquim Barbosa por insultar jornalista

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

Ir para o topo