Itaí: homem acusado de matar mulher com mais de 20 facadas é julgado

Itaí: homem acusado de matar mulher com mais de 20 facadas é julgado Fonte da Foto: internet

O homem preso acusado de matar a mulher com mais de 20 facadas em Itaí está sendo julgado por um júri popular hoje, dia 06.

O crime ocorreu em junho de 2018, quando Jurandir Rodrigues Júnior, com 30 anos na época do crime, esfaqueou a mulher em frente a um posto de combustíveis.

A vítima, Maria Aparecida de Almeida, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após levar as facadas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de dar entrada no hospital.

Jurandir foi preso em flagrante perto da casa onde morava. No júri, que começou por volta das 10h30, vão ser ouvidos 11 testemunhas comuns, além do réu.

Relembre o caso

Maria Aparecida, que tinha 36 anos quando foi assassinada, foi esfaqueada por um homem quando estava em um posto de combustíveis, na noite de 10 de junho de 2018, na Vila Salvador, em Itaí. Jurandir, que era companheiro da vítima, foi preso em flagrante por feminicídio.

Segundo a polícia, a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao hospital. A polícia informou que Maria Aparecida levou mais de 20 facadas.

Em um vídeo, é possível ver a mulher sentada em frente ao estabelecimento, quando o homem chega com a faca nas mãos.

Os dois chegam a cair no chão e o agressor continua desferindo golpes de faca contra a vítima. Testemunhas tentam conter o homem dando socos e chutes nele, porém não conseguem e correm para pedir socorro.

Ainda de acordo com a polícia, após as agressões o suspeito fugiu, mas foi encontrado pela polícia perto da casa em que mora. Do site G1.

Veja Também