Jô Silvestre colocou placa em fazenda que pode ir a leilão

Jô Silvestre colocou placa em fazenda que pode ir a leilão Fonte da Foto: jornaldoogunhe

São extraordinários os meandros que o prefeito Jô Silvestre encontra para tentar criar fatos notórios e ganhar “joinhas” e “likes” em rede social, querendo dar a impressão de conquistas que, na verdade, não passam de supostos “devaneios” de quem está em busca de mostrar uma capacidade que não se mostra palpável.

Conforme temos noticiado, sempre com critério e credibilidade, a história da Fazenda Água da Onça, uma enorme área de mais de 68 alqueires, que a Prefeitura tentou desapropriar passando por cima dos chamados ditames legais, com certeza dará uma história que poderá ficar registrada como uma das mais fantásticas, com o envolvimento de pessoas de renome, o que poderá cair o queixo de muitos entendidos de política.

Conforme já noticiamos, a Prefeitura tentou tomar posse dessa área, que está sub judice, através de um acordo com o curador, já que a herdeira jacente, uma clínica à qual o antigo dono da área ficou devendo mais de um milhão e setecentos mil reais, reivindica o valor da fazenda para a quitação da dívida de seu antigo proprietário.

Até placas a Prefeitura já colocou no local, mostrando uma “ânsia” de mostrar serviço, tendo que trocar, após denúncia do Jornal do Ogunhê. Acreditamos que a placa mais recente também deverá ser retirada, já que, segundo fomos informados, um agravo de instrumento interposto pela clínica contra a desapropriação do terreno teve decisão favorável da Justiça de São Paulo. A informação é recente e, em breve, teremos mais detalhes, mas o que alguns especialistas em direito nos informaram é que, caso isso se confirme, a tão sonhada área de Jô Silvestre deverá, no final, ser leiloada para a quitação das dívidas com a sua credora.

Veja Também