Jô Silvestre pode estar de olho no eleitorado de Érica Alves

Jô Silvestre pode estar de olho no eleitorado de Érica Alves Fonte da Foto: Divulgação

Podemos dizer que não existe pastor evangélico em Avaré que possa ter um eleitorado na proporção que tem Érica Alessandra Alves que foi, teoricamente, puxada para o Paço Municipal e matéria divulgada recentemente mostra o bem-estar político existente entre ela e Jô Silvestre.

Acredita-se que nem mesmo aqueles que se dizem importantes na administração de Jô Silvestre teriam o respaldo conseguido pela nova chefe de gabinete, cujo defeito seria o fato de não manter a palavra com jornalistas, uma falha que, com o tempo, deverá mostrar que nada disso seria necessário, se soubesse administrar seu contato com a imprensa.

Percebe-se que o prefeito está preocupado em alinhar o seu eleitorado para as próximas eleições, uma das razões de estar sendo agradável com Érica Alves que, teoricamente, teria certo poder de mando entre os evangélicos da cidade, enquanto alguns apenas trouxeram problemas para o prefeito, ou seja, um pastor que foi exonerado. O que parece é que com Érica Alves o prefeito não esteja passando dissabores, pois, segundo consta, quem vinha trazendo muitos dissabores já teria sido exonerado no meio da semana.

Veja Também