Joselyr processa jornalista que publicou suas saidinhas

Joselyr processa jornalista que publicou suas saidinhas Fonte da Foto: Internet

O ex-prefeito Joselyr Benedito Silvestre está processando este jornalista, pelo fato do mesmo noticiar já por duas vezes que ele, que está em prisão domiciliar, está sendo visto na cidade em um veículo dirigido por sua esposa. O ex-prefeito alega que o jornal teria feito afirmações inverídicas em relação à sua pessoa.

Joselyr Benedito Silvestre está preso, condenado a mais de 20 anos de reclusão por crime contra a administração pública; cumpre prisão domiciliar, alegando problemas de saúde.

Segundo informações, o ex-prefeito já foi visto em diversos locais, além do mais, o jornal narrou uma dessas saídas, em que foi seguido por testemunha que narrou todo o fato via telefone, a cor e marca do veículo dirigido pela esposa do preso, acrescido de um fato interessante - a testemunha seguiu o veículo que parou em estabelecimento ligado a seu advogado na Avenida Celso Ferreira da Silva.

Cabe à imprensa noticiar o fato pois, pelo que qualquer leigo entende, quem está em prisão domiciliar somente pode deixar a residência com autorização do Deecrin de Bauru, até porque o Poder Judiciário e o Ministério Público de Avaré não teriam prerrogativas sobre essa prisão, informação que o Jornal do Ogunhê obteve através do próprio Ministério Público.

Também conforme informações, a prisão domiciliar de Joselyr Silvestre incorre em medidas cautelares impostas na concessão da prisão domiciliar que impedem que deixe sua residência, sem autorização do Deecrim, conforme citamos. Além do mais, quando citamos que teria até parado em um posto de gasolina, depois descendo rumo ao centro da cidade, noticiamos que poderia até ter havido uma autorização para essa saída.

Entretanto, no sentido de defender o ex-prefeito, um assessor do prefeito ligou para a redação informando que o mesmo havia saído, porque tinha uma audiência no fórum e, ao checarmos a data, através de um advogado, o preso Joselyr Benedito Silvestre, naquele dia, não teve qualquer tipo de audiência e inclusive o posto, que é do pai do advogado de Joselyr Silvestre é próximo ao fórum; o carro se dirigiu ao centro ao centro da cidade e não ao fórum.

Por certo, o que desagradou o ex-prefeito Joselyr foi o fato de seu nome voltar às paginas de jornal e desde já deixamos registrado que, a nenhum momento, o jornal teve intenção de atingir a honra subjetiva de Joselyr Silvestre na condição de preso, apenas trouxemos ao conhecimento da população o fato verdadeiro, porque ele tem conhecimento que não poderia estar agindo desta forma, contrariando medidas cautelares impostas na concessão da prisão domiciliar. Em momento oportuno, as provas serão apresentadas a quem de direito para que não pairem dúvidas sobre a veracidade dos fatos.

Veja Também