Jurídico do Sindicato entra com ação coletiva contra Prefeitura

Jurídico do Sindicato entra com ação coletiva contra Prefeitura Fonte da Foto: assessoria

Em reunião com as advogadas Sandra e Rafaela e do Presidente Leonardo do Espirito Santo, do Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Avaré e Região, ficou decidido que uma ação coletiva será impetrada contra a Prefeitura de Avaré por conta do não cumprimento da Lei Complementar 216/16 que se refere à progressão de carreira dos professores de Avaré.

Independentemente de serem filiados ou não ao sindicato, as informações dos profissionais do magistérios que fazem jus à progressão serão levantadas e constarão da ação que será entregue ao Poder Judiciário nos próximos dias pelas advogadas, segundo apurou o jornal.

Finalizadas todas as tentativas de diálogo com o Prefeito Jô Silvestre e não sendo recebidas em nenhuma hipótese pelo “Prefeito de Portas Abertas”, as professoras receberam as péssimas notícias do secretário de Administração Ronaldo Guardiano. Segundo as professoras, mais um ano o secretário teria encontrado uma desculpa para permitir que seu patrão descumpra a lei.

“Fica a cargo do Poder Judiciário e principalmente do cidadão que, em outubro, irá para as urnas em busca de um patrão mais comprometido com as professoras de seus filhos, e nós professoras estaremos lá, conversando com cada família, cada cidadão, cada eleitor, lembrando-os de como fomos tratadas nestes 4 anos de governo Silvestre, o que o pai fez o filho fez também”, desabafa uma das professoras representantes.

Veja Também