PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Juristas desaconselham tal prática a comissionados

Diversos advogados que entendem do assunto consultados pelo Jornal do Ogunhê afirmaram que a prática de retirada de diária de viagem por cargos comissionados não pode ser comum, porque fere determinações e normas estabelecidas pelo Tribunal de Contas do Estado.

Para eles, a existência de um decreto da Prefeitura não tem força para se sobrepor a uma lei. Várias prefeituras ouvidas pelo jornal também reafirmaram que apenas podem fazer adiantamento a servidores efetivos e estatutários, sendo vedado a funcionários comissionados.

Lembrando que o Poder Legislativo não usa da mesma prática que ocorreu na Prefeitura, como citou o Secretário em sua nota. É um flagrante equívoco do secretário de Jô Silvestre, pois, na Câmara, quem levanta o adiantamento para viagens é o motorista, o qual detém cargo efetivo e estatutário, conforme aponta o Tribunal de Contas.

Outro detalhe, é sobre os valores. Segundo divulgamos, dois cargos comissionados de Jô Silvestre “levantaram” através do pedido de adiantamento a quantia de R$ 5.000,00 sem explicações e nem informações à imprensa sobre para onde viajaram, objetivo ou justificativa, valores que precisam ser questionados pelo Poder Legislativo, órgão fiscalizador do município.

Diante disso não nos convence a postura do Secretário de Comunicação que faz afirmativa com objetivo de pejorar o nosso trabalho, como se não tivéssemos credibilidade para levantar tais questões.

Ainda assim, ele não explicou os motivos de tais gastos, preferindo a prática de atacar o trabalho da imprensa.

Para nós, em nome de nossos leitores, fica a frase imortal do douto magistrado Jair Pena Junior: “A luz do sol é o melhor detergente”. Sua iluminada visão jurídica faz alusão de que deve haver total transparência por parte de um governo e dos postulantes a cargos públicos e cita a Constituição Federal de 1988, como referência e salvaguarda da liberdade de imprensa, destacando o artigo 220, que permeia e traz a luz sobre a liberdade de expressão e opinião, afirmando que a imprensa tem papel principal no estado democrático de direito.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

22 de fevereiro, 2018

Semads abre inscrições para os projetos esportivos no CSU

22 de fevereiro, 2018

Prefeitura deposita vale alimentação amanhã

22 de fevereiro, 2018

Estati pede tubulação para erosão do Jardim Europa

22 de fevereiro, 2018

Câmara e vereador se precipitaram, diz opinião pública

22 de fevereiro, 2018

Câmara virou um barril de pólvora soltando faíscas

22 de fevereiro, 2018

Câmara precisa reforçar segurança, diz cidadão

22 de fevereiro, 2018

Sindicato dos Servidores envia nota à imprensa

22 de fevereiro, 2018

Licitação da coleta de lixo é adiada para 5 de março

22 de fevereiro, 2018

Universitários do Direito Eduvale são aprovados no Exame da OAB

21 de fevereiro, 2018

Vereador “joga pra galera” tema que nem existia

21 de fevereiro, 2018

Começa amanhã pagamento do PIS para nascidos em março e abril

21 de fevereiro, 2018

Cabo Sérgio pede calçada em alça de acesso da SP-255

21 de fevereiro, 2018

Ainda estão abertas as inscrições para as aulas de atletismo adaptado

21 de fevereiro, 2018

Eleitores de 5 cidades da região precisam fazer cadastro biométrico até março

21 de fevereiro, 2018

5 ficam feridos após carro bater em placa de sinalização

21 de fevereiro, 2018

Pressão popular coloca em discussão autoridade da Mesa da Câmara

21 de fevereiro, 2018

Coletores deram show de liberdade, igualdade e fraternidade

21 de fevereiro, 2018

Matrículas de informática para deficientes visuais

20 de fevereiro, 2018

Identidade de gênero não é de competência da Câmara

Ir para o topo