Mães de autistas ainda estão indignadas com vereadores

Mães de autistas ainda estão indignadas com vereadores Fonte da Foto: ilustrativa

E não seria para ser diferente o posicionamento de algumas mães e pais que estiveram na sessão de Câmara de segunda-feira, dia 17 de fevereiro, quando a discussão era sobre um projeto de lei para a proibição de fogos de artifícios com estampidos.

Para todas elas que estavam presentes ficou deixou claro que muitos vereadores nem mesmo sabem o número de pessoas autistas que existem em Avaré e a sessão que deixou muito evidente que se tratava de uma discussão política, lamentou uma mãe que tem dois filhos autistas.

Uma das mães, que prefere não ter seu nome publicado pelo fato de ser servidora pública, disse ter ficado impressionada com o comportamento de Barreto que, na opinião dela, poderia ter dado um ponto final ao assunto, mas que preferiu valer o lado político da discussão.

Mais desastroso para elas foi o fato do vereador, que todos sabem é ferrenho defensor do prefeito, ter pedido vista no projeto, quando todos da base do prefeito tiveram tempo de sobra para estudar o projeto não sendo necessário chegar onde chegou.  Para muitos pais e mães de autistas faltou apenas tato político por parte de Barreto de Monte neto.

Veja Também