Marialva explica caso de nepotismo

Marialva explica caso de nepotismo Fonte da Foto: Divulgação

Marialva Biazon voltou a falar sobre possível ato de nepotismo da vice-prefeita, quando, então, a base do prefeito saiu em defesa de Bruna Silvestre, dizendo que não é assim, porque a vice-prefeita estaria em cargo não remunerado.

Mas explicou Marialva, na noite de segunda-feira, dia 2 de setembro, que não seria bem assim que entendeu em uma situação o Superior Tribunal de Justiça num agravo de instrumento sobre o caso da primeira dama da cidade de Taubaté.

Segundo explicação da vereadora, a primeira dama de Taubaté, pelo mesmo fato teve que ser afastada da função. A vereadora disse que tão somente estaria acompanhando esses julgados que estão ocorrendo no Brasil afora, no que diz respeito ao quesito “nepotismo”.

Marialva ainda narra um caso de um prefeito que colocou a sua irmã no cargo do Fundo Social e o parecer do STF foi que, mesmo não sendo remunerado, mas que exerce uma função de subordinação ao prefeito Municipal - explicou a vereadora.

 

Veja Também