Moção de repúdio será enviada às Câmaras da região

Moção de repúdio será enviada às Câmaras da região Fonte da Foto: ilustrativa

A Câmara de Vereadores aprovou uma moção de repúdio à Rádio Interativa FM, nas pessoas de sua proprietária Marlene Campos Machado e Josená Bijolada Araújo, radialista e secretário de Comunicação.

A moção conta com as assinaturas dos vereadores Antonio Cicirelli (Toninho da Lorsa), Flávio Zandoná, Cabo Sérgio, Jairinho do Paineiras, Marialva Biazon, Barreto do Mercado, Ernesto Albuquerque, Adalgisa Ward e Carlos Estati.

Segundo o documento, os microfones da emissora têm sido sistematicamente utilizados pelo secretário de Comunicação, que tem um programa diário na emissora, para criticar injustamente a Câmara de Avaré, em razão da maioria de seus membros não se alinharem com o Executivo.

“Além disso, ferindo os mais básicos preceitos jornalísticos, as críticas são feitas sem as devidas apurações, somente com afirmações adjetivadas que acabam por prejudicar a imagem desta Casa de Leis, onde a emissora não dá oportunidade de defesa e tampouco ouve todas as partes envolvidas antes da divulgação”, diz a moção de repúdio aprovada.

Ainda segundo o texto da moção, não se desconhece o direito à liberdade de expressão, mas nenhum direito é absoluto, encontrando seus limites na lei. Assim, o documento serve como um manifesto da Câmara que repudia as atitudes da Rádio Interativa.

Após aprovação, cópias da moção de repúdio serão enviadas ao Semanário Oficial, Assembleia Legislativa de São Paulo, Câmara Federal, Senado Federal, imprensa de Avaré e para as Câmaras Municipais de Cerqueira César, Águas de Santa Bárbara, Iaras, Manduri, Sarutaiá, Fartura, Timburi, Tejupá, Taquarituba, Itai, Arandu e Paranapanema.

Veja Também