Morelli tenta contrariar Lei Orgânica, mas não consegue

Morelli tenta contrariar Lei Orgânica, mas não consegue Fonte da Foto: Assessoria

O entendimento do que preconiza o artigo 23 da Lei Orgânica Municipal pelo líder do prefeito na Câmara, César Morelli, não foi bem esclarecido, como tentou o vereador.

Ele tentou achar uma saída imediata para justificar a ausência do chefe do setor de coleta de lixo, sem observar que o desvio de função não é um fator legalizado em qualquer governo municipal, muito menos em Avaré.

Não há como negar que seja o chefe do setor, apontaram alguns coletores que estavam presentes; o vereador Toninho da Lorsa deixou bem claro que era, sim, o Marcio o chefe dos coletores de lixo. O Jornal do Ogunhê teve acesso ao holerite do chefe do setor.

O vereador César Morelli não foi feliz nessa empreitada de tentar contradizer a Lei Orgânica Municipal que é clara e límpida e facilmente bem interpretada por qualquer criança de grupo escolar.  Nem mesmo o Secretário de Meio Ambiente. Judesio Borges tinha conhecimento dessa lei.

Veja Também