PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Na política nada muda, apenas os personagens

A vice-prefeita Bruna Silvestre no ano de 2016, quando então vereadora, foi protagonista de uma discussão sobre a realização da Fampop daquele ano, que custou ao município a cifra de 40 mil reais e por pouco ela não conseguiu fazer com que a Fampop daquele ano não viesse a ser realizada, mas agora tudo é diferente e até o valor a ser gasto parece não ser problema.

As alegações de Bruna Silvestre não eram falhas de forma alguma, pois explicava que não era momento de fazer eventos considerando que a cidade estava sem dinheiro e muita coisa estava faltando, posição que, na época, chamou a atenção da população avareense pela coerência de sua preocupação com a crise que o município passava. Na época, Bruna tentou justificar argumentando que não seria o momento de liberar verba para evento de música.

Entretanto, atualmente como vice-prefeita da cidade e irmã do Prefeito Jô Silvestre, aquela coerência que tanto usou em 2016, de repente, desaparece, agora com grandes e caríssimos shows, quando também falta tudo em
Avaré até mesmo o básico para a população, com uma operação tapa buraco a passos de tartaruga e o Prefeito anuncia uma Fampop esplendorosa de dar inveja a qualquer cidade da região.

A título de explicação: durante o governo de Paulo Novaes que gastou cerca de 40 mil para fazer uma Fampop na Concha Acústica, foi extremamente criticado pelo jornalismo da emissora da esposa de Campos Machado. O que se espera, e claro que não vai de forma alguma acontecer, é o avareense ouvir algumas críticas sobre esse grandioso evento que se fosse em outro governo, a conversa seria outra. Isso aqui não é boato, é uma realidade que se reverte em credibilidade pela maneira como narramos aos nossos leitores como é a política de Avaré.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

19 de outubro, 2017

Vitimas agredidas com barra de ferro estão em estado grave

19 de outubro, 2017

Câmara de Cerqueira realiza palestra sobre os três poderes

19 de outubro, 2017

Movido pelo ódio, Secretário se perde em discursos

19 de outubro, 2017

População está perdendo a paciência com a administração pública

19 de outubro, 2017

O Jockey Clube de Avaré

18 de outubro, 2017

Secretário de Comunicação coloca Campos Machado em situação delicada

18 de outubro, 2017

Internauta denuncia falta de papel para receita nos postos de saúde

18 de outubro, 2017

Adalgisa solicita “Força Tarefa” para a Vila Esperança

18 de outubro, 2017

Rapaz é preso após agredir mãe, namorada e enteada

18 de outubro, 2017

Multas de trânsito poderão ser parceladas no cartão de crédito

18 de outubro, 2017

Nota Fiscal Paulista libera R$ 687,7 milhões em créditos

18 de outubro, 2017

Homem é agredido por não ter dinheiro e cigarro

18 de outubro, 2017

População acha muito 17 Secretarias em Avaré

18 de outubro, 2017

Foi-se o tempo em que rádio mandava na cidade

18 de outubro, 2017

Secretário de Comunicação, um político que quer falar de imprensa

18 de outubro, 2017

Dr. Gastão Norberto Vitral já deixa saudades

17 de outubro, 2017

Moção de Repúdio é aprovada contra rádio de Campos Machado

17 de outubro, 2017

Câmara deve rejeitar criação de nova Secretaria

17 de outubro, 2017

Moção de repúdio será enviada às Câmaras da região

17 de outubro, 2017

Aprovado projeto que autoriza distribuição de kits de higiene bucal

17 de outubro, 2017

Câmara aprova projeto “Uma vida que nasce, uma árvore que brota”

17 de outubro, 2017

Polícia apreende 80 pedras de crack em casa de Avaré

Ir para o topo