Novo sistema de coleta começa só na semana que vem

Novo sistema de coleta começa só na semana que vem Fonte da Foto: ilustrativa

A Prefeitura de Avaré informa que na próxima segunda-feira, dia 18, será iniciado o novo sistema de coleta do lixo urbano.

Segundo a Secretaria do Meio Ambiente, responsável pelo serviço, a terceirização pretende melhorar a qualidade da coleta que atualmente é realizada por um sistema misto que envolve servidores municipais e veículos alugados.

De acordo com a Secretaria, pelo novo programa, todo o processo de coleta e transporte dos resíduos domésticos será feito pela empresa Consita, vencedora da licitação iniciada no segundo semestre de 2018. “Serão seis equipes compostas por um caminhão coletor compactador de no mínimo 15 m³, um motorista e três coletores”, garante a Prefeitura.

“As equipes trabalharão em turnos de aproximadamente sete horas e vinte minutos, permitindo que os resíduos sejam coletados de porta em porta. Consequentemente, acabará o sistema atual, conhecido como “bandeira”, onde os coletores reúnem o lixo de cada quadra em um único local, acumulando ali um grande volume, situação muito criticada pela população”, informa nota divulgada pela Prefeitura de Avaré.

A nota garante que a coleta será executada de segunda a sábado, inclusive nos feriados, em qualquer condição climática, das 6h às 21h. Aos domingos, o serviço vai atender as feiras livres.

“A partir de hoje, dia 11, a empresa vencedora do certame percorrerá as seis rotas estabelecidas para estimar um cronograma de coleta que permitirá determinar quais os horários aproximados de cada bairro ou região, evitando que os resíduos sejam dispostos fora da programação. A relação dos horários e outras informações do novo sistema de coleta será publicada na próxima edição do Semanário Oficial”, informa a Secretaria de Meio Ambiente.

“Os veículos terão sistema de rastreamento via satélite que permitirá o acompanhamento, em tempo real da execução, das rotas previamente determinadas pela Secretaria do Meio Ambiente”, garante a nota da Prefeitura.

Ainda segundo a nota, com a terceirização, os cerca de 80 servidores que atuam no serviço vão ser realocados em outros setores de acordo com os respectivos cargos de ingresso no quadro municipal. Não haverá dispensas.

Veja Também