O descaso com aqueles que precisam do Cosa

O descaso com aqueles que precisam do Cosa Fonte da Foto: jornaldoogunhe

Quando criticamos com acidez certos setores do governo de Jô Silvestre somos tomados como inimigos do poder e que nossa intenção é fazer críticas para desclassificar algumas atividades que vêm acontecendo, apenas pela crítica; não é verdade, porque o que estamos observando é que o trato com a coisa pública em Avaré parece diferenciado de outras cidades da região que sabem, como fazer mudanças adequadas, em hora de um sufoco como esse do Cosa.

Mas não há como ser diferente em um governo que coloca pessoas que, supostamente, não mostram, vontade de trabalhar, fazendo até mesmo de bobos aqueles que precisam muito da administração municipal, como vem ocorrendo com o Cosa que se mantém fechado e, supostamente, atendendo na Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social.

É o que deduzimos pelo recado deixado em uma cadeira, escrito de maneira a se adivinhar que o atendimento está sendo feito na Assistência.

O recado está fixado em um pedaço de cartolina “Rua Piaui 1388 (perto da Funsa) Assistência. Pois, acreditem, senhores, no momento em que a reportagem estava fotografando duas senhoras e um senhor que procuraram pelo Cosa não conseguiam entender o recado pífio ali colocado. A Secretaria esqueceu de deixar um tradutor de plantão.

O recado da Secretaria de Assistência Social é uma brincadeira de péssimo gosto, pois deveria ser uma informação bem mais esclarecedora, pois se trata de pessoas até mesmo com dificuldades de entender uma placa deixada em uma cadeira pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. Dessa forma não vemos preocupação com o desenvolvimento social quando deparamos com situações dessa natureza, onde o cidadão precisa perguntar aos transeuntes o que significa aquele recado.

Veja Também