PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

OAB/SP realizou desagravo em prol de advogada avareense

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção São Paulo, realizou no Plenário da Casa do Advogado de Avaré, uma Sessão Solene de Desagravo para a advogada avareense Dra. Cíntia Lima Martins de Paula, no último dia 5 de outubro.

Tal movimento se deu, pois a citada Advogada fora desacatada e impedida de acompanhar o depoimento pessoal de seu cliente, pelo Delegado Roberto Theodoro de Oliveira, que afirmou na oportunidade, que em sua delegacia mandava ele.

Tal assertiva demonstra claramente que o profissional estava tratando o bem público, como privado. Na oportunidade, ele ainda usou palavras de baixo calão contra a desagravada.

O processo interno de pedido de desagravo tramitava na OAB desde o ano de 2010, oportunidade em que aconteceram os fatos, mas só teve sua conclusão neste ano. Para o evento, compareceram diversos advogados - inclusive da região - além de alunos do curso de Práticas Jurídicas da ETEC.

 

Prerrogativas

As prerrogativas dos advogados estão previstas pela lei n° 8.906/94. A norma garante a esse profissional o direito de exercer a defesa plena de seus clientes, com independência e autonomia, sem temor do magistrado, do representante do Ministério Público ou de qualquer autoridade que possa tentar constrangê-lo ou diminuir o seu papel enquanto defensor das liberdades.

Essas regras garantem, por exemplo, que um advogado tenha o direito de consultar um processo até mesmo sem uma procuração. Ou seja, são garantias fundamentais, previstas em lei, criadas para assegurar o amplo direito de defesa. Prerrogativas profissionais não devem ser confundidas com privilégios, pois tratam de estabelecer garantias para o advogado enquanto representante de legítimos interesses de seus clientes.

(José Renato Fusco-Comunicação OAB –Avaré)

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

16 de dezembro, 2017

Denúncia de jornalista coloca prefeito na corda bamba

16 de dezembro, 2017

Prefeito ataca jornal pela notícia propagada sobre o caso

16 de dezembro, 2017

Prefeito tenta iludir população e jogar culpa na Câmara

16 de dezembro, 2017

Câmara de Avaré envia Nota de Pesar

16 de dezembro, 2017

Joselyr processa jornalista que publicou suas saidinhas

16 de dezembro, 2017

Gesiel lança “Subversos”, neste sábado

16 de dezembro, 2017

Arpoli coloca Papai Noel de seis metros na empresa

16 de dezembro, 2017

O funcionário que eu gostaria de ser

15 de dezembro, 2017

Duplicação será inaugurada na 2ª-feira

15 de dezembro, 2017

Edmundo Negrão morre aos 80 anos

15 de dezembro, 2017

Detran flagra irregularidade em autoescola da região

15 de dezembro, 2017

Gesiel Júnior autografa livro amanhã

15 de dezembro, 2017

Prefeito tenta negar participação no caso Fampop

15 de dezembro, 2017

Homem forte do governo de Jô continua preso

15 de dezembro, 2017

Secretário não aceita ser criticado, mas quer direito de crítica

15 de dezembro, 2017

Sem boa articulação, prefeito não governará ano que vem

15 de dezembro, 2017

Creche em Avaré produz os próprios enfeites natalinos

14 de dezembro, 2017

Câmara de Avaré é uma das mais transparentes do Estado

14 de dezembro, 2017

Justiça suspende pedido de prisão de ex-prefeito

14 de dezembro, 2017

Ex-jogador do Corinthians é preso pela polícia de Avaré

14 de dezembro, 2017

Poupatempo informa horário de funcionamento no final de ano

14 de dezembro, 2017

Justiça afasta vereador de cargo na prefeitura

Ir para o topo