PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Obras na Raposo Tavares superam R$ 306 mi em desconto

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, realizou, em São Paulo, Sessão Pública de recebimento e abertura dos envelopes contendo as propostas de preço e documentação das empresas interessadas na execução dos quatro últimos lotes de obras para modernização da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), agora no segmento que cruza os municípios de Itapetininga, Angatuba, Campina do Monte Alegre, Paranapanema e Itaí.

As melhores propostas recebidas representam uma redução de R$ 191,2 milhões (30,3%) sobre o valor de referência deste segmento, que era de R$ 630,7 milhões. Ao todo, sete empresas participaram da Licitação Pública Internacional. Se esse desconto for confirmado ao final do processo licitatório, o investimento do Governo do Estado nas obras da SP-270, especificamente no trecho entre Itapetininga e Itaí, será da ordem de R$ 439,5 milhões. No total, o desconto obtido em todos os lotes do empreendimento, incluindo o trecho Piraju-Ourinhos, supera R$ 306 milhões.

Na nova etapa da licitação iniciada a partir de agora, todas as propostas de preço e documentação recebidas passarão por análise técnica do DER. O resultado final, com a homologação e adjudicação das empresas vencedoras, será convalidado pelos agentes financiadores do empreendimento: Banco Mundial (por meio do BIRD – Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento e MIGA – Agência Multilateral de Garantia de Investimentos) e Banco Santander S/A. A expectativa é que este processo tenha duração de até 120 dias. O prazo para a execução das obras no trecho Itapetininga – Itaí é de 24 meses após o início dos trabalhos.

O empreendimento

Em sua totalidade, as obras na SP-270 foram divididas em oito lotes e cobrirão 204 quilômetros da rodovia, localizados entre os municípios de Itapetininga e Ourinhos. Estão previstas a duplicação de 50,4 quilômetros, implantação de 122,7 quilômetros de terceiras faixas (em ambos os lados da rodovia), recuperação de 153,5 quilômetros de pistas simples e acostamentos, e revitalização completa da sinalização. Serão implantados 21 novos dispositivos de acesso, e outros 14 dispositivos existentes receberão melhorias e aprimoramentos. Também serão construídos 3 novas passarelas e 1 viaduto.

Economia

O valor referencial total do empreendimento está orçado em R$ 934,7 milhões, sendo R$ 630,7 milhões para o segmento Itapetininga – Itaí (com 126,4 km de extensão) e R$ 304 milhões para Piraju – Ourinhos (com 77,6 km).

O recebimento das propostas para os lotes entre Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes, Canitar e Ourinhos foi realizado no último dia 3, na sede do DER, em São Paulo. As propostas de preço e documentação recebidas das empresas interessadas na concorrência pública passam por análise da equipe de licitações do órgão estadual. O desconto obtido nesse caso foi de 38%, gerando uma economia R$ 115,6 milhões em relação ao valor inicial, de R$ 304 milhões. Com isso, o investimento a ser concretizado é de R$ 188,4, milhões.

Somando-se os valores de todos os lotes, as licitações obtiveram o desconto de R$ 306,8 milhões, ou seja, o equivalente a 32,8% do total de R$ 934,7 milhões. A importância dessa economia é que o montante poderá ser aplicado em novos investimentos na malha rodoviária estadual.

Resultados

Os melhoramentos viários que serão implantados na Rodovia Raposo Tavares entre Itapetininga e Ourinhos ampliarão a capacidade de tráfego e as condições de segurança, elevando os níveis de conforto para mais de 11 mil motoristas que, em média, utilizam a via diariamente.

O investimento ainda contribuirá para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico da região, com maior desenvoltura no escoamento da produção agrícola, industrial e no deslocamento de uma população superior a 405 mil habitantes. Além disso, serão gerados cerca 3.120 novos postos de trabalho.

 

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

24 de fevereiro, 2018

Assunto polêmico volta a ser discutido na Câmara dia 5 de Março

24 de fevereiro, 2018

Câmara acaba promovendo discurso de ódio

24 de fevereiro, 2018

A mesma Câmara teve vereador transgênero

24 de fevereiro, 2018

Morelli pode ter praticado quebra de decoro

24 de fevereiro, 2018

Câmara discute quebra de decoro de vereadora

24 de fevereiro, 2018

Ripoli criticou aumento do vale-alimentação e teve que escutar

24 de fevereiro, 2018

Professores participam de oficinas de capacitação

24 de fevereiro, 2018

Professores ouvem palestra sobre relações humanizadoras

24 de fevereiro, 2018

O que fazer com os produtos sem giro?

23 de fevereiro, 2018

Processo: Jô Silvestre pode estar próximo de perder os direitos políticos

23 de fevereiro, 2018

C. César: vereador presta depoimento sobre vídeo com Zaloti

23 de fevereiro, 2018

Carnês de IPTU já estão sendo entregues

23 de fevereiro, 2018

Concurso da Ceagesp tem vagas para Avaré

23 de fevereiro, 2018

Médico é acusado de mandar “nudes” de dentro de hospital

23 de fevereiro, 2018

Reunião confirma união para permanência da ABQM na cidade

23 de fevereiro, 2018

Internautas discutiram atitude de vereador

23 de fevereiro, 2018

Botucatu poderá virar Estância Turística

23 de fevereiro, 2018

Rodovia Coronel Macedo/Itaporanga continua interditada

23 de fevereiro, 2018

TJ-DF mantém condenação de Joaquim Barbosa por insultar jornalista

22 de fevereiro, 2018

Vereador é condenado pela Justiça em 1ª  instância

22 de fevereiro, 2018

Polícia prende mãe, filha e genro por tráfico de drogas

22 de fevereiro, 2018

Avaré e Piraju recebem espetáculo multimídia

Ir para o topo