Para vereadora funcionários trabalham em situação semelhante à escravidão

Para vereadora funcionários trabalham em situação semelhante à escravidão Fonte da Foto: Divulgação

Marialva Biazon afirmou, na noite de ontem, dia 05 de novembro, que funcionários de postos de saúde de Avaré estariam trabalhando em situação análoga à escravidão.

De acordo com a vereadora, em algumas unidades não há sequer papel higiênico nos banheiros.

Marialva ainda disse que não iria citar o nome dos postos para que os funcionários não sejam perseguidos pelo secretário de Saúde Roslindo Machado e pelo prefeito Jô Silvestre.

Segundo a vereadora pelo PSDB, em alguns desses postos, funcionários não podem usar os banheiros, pois estão entupidos e em outros, falta papel higiênico até para os pacientes.

“Se os funcionários quiserem, por exemplo, esquentar o almoço, precisam fazer uma vaquinha, pois não há gás na unidade”, denunciou Marialva Biazon.

Veja Também