Pela 4ª vez, secretário de Comunicação sofre condenação na Justiça

Pela 4ª vez, secretário de Comunicação sofre condenação na Justiça Fonte da Foto: Divulgação

Ao trazermos críticas contundentes a respeito da conduta do secretário de Comunicação Josená Bijolada, o que fica claro para a população é que seu hábito de atacar reputações não causa mal somente ao governo de Jô Silvestre que lhe paga salário, mas também a ele próprio, que sofreu uma nova condenação, nesta semana.

Já está publicado no site do Tribunal de Justiça desde ontem, dia 10 de julho, a sentença do meritíssimo Juiz Jair Antonio Pena Junior, em que condena o braço direito de Jô Silvestre a seis meses de detenção, em regime inicial semiaberto, podendo recorrer em liberdade, pois, segundo a sentença, o réu foi beneficiado pela inexistência de razões para decretação de sua custódia cautelar preventiva.

Ocorre que Josená (ou Zenna Araujo, como é mais conhecido), acabou sofrendo o peso da lei justamente porque usou a rádio de Marlene Machado para dar vazão às suas desavenças com Toninho da Lorsa que, para defender a própria honra, denunciou o secretário, sendo que no processo ficou confirmado pela Justiça a intenção do réu em difamar e atacar a imagem do Presidente da Câmara.

Necessário se faz lembrar que o secretário Josená Bijolada já sofreu condenações judiciais: quando ofendeu o vereador Carlos Estati e quando atacou o também o vereador Cabo Sérgio, na mesma emissora de rádio. Ele também foi condenado por ter agredido um sindicalista, em frente à sede da rádio.

Veja Também