Perito de Eduardo Bolsonaro também apontou fraude do secretário de Comunicação

Perito de Eduardo Bolsonaro também apontou fraude do secretário de Comunicação Fonte da Foto: Facebook

O Deputado Federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), contratou o renomado perito Ricardo Molina para se defender da denúncia por suspeita do crime de ameaça apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal) pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

O laudo com a perícia feita por Molina foi anexado ao processo no final de janeiro, junto com a resposta de Eduardo às acusações. 

O famoso perito Ricardo Molina também atuou em um caso aqui em Avaré. A contratação foi feita pelo ex-presidente da Câmara, Toninho da Lorsa,  para comprovar o que se chama de juntada de gravação fraudulenta em um processo que corre no Judiciário de Avaré que o vereador move contra o radialista Zenna Araújo, conhecido também como secretário municipal de comunicação de Jô Silvestre.

O atual secretário de Comunicação, quando ainda atuava no Jornal Interativa, teceu comentários falsos sobre suposta dívida de Toninho da Lorsa com a prefeitura, o que não conseguiu provar, pois a tal dívida nunca existiu, deixando uma conotação que suas falas na rádio tinham comportamento político e não jornalístico.

Para se defender, então, Zenna juntou no processo áudio com uma falsa retratação que querendo induzir a justiça a acreditar que realmente tinha feito a devida retratação e ao perceber a fraude cometida, o vereador, e na época presidente da Câmara, contratou o exímio Ricardo Molina que, analisando o citado áudio, redigiu um laudo bastante detalhado, com muitos pormenores, com um laudo comprovando a atitude fraudulenta do atual secretário do governo de Jô Silvestre.

Por causa dessa situação, Zenna Araújo foi condenado em primeira instância no processo, sendo denunciado ainda pela fraude processual, pela qual deverá responder perante o Judiciário.

Veja Também