Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas no Bonsucesso

Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas no Bonsucesso Fonte da Foto: divulgação / Polícia Civil

Um homem e uma mulher foram presos em flagrante na tarde desta terça-feira, dia 09, no Jardim Bonsucesso, em Avaré, depois de terem sido surpreendidos com porções de drogas por policiais civis que investigavam o comércio ilícito de entorpecentes no bairro.

Havia denúncias de que P. H. O., de 18 anos, vendia drogas  em  frente a uma residência situada na Rua Presidente Castelo Branco. Para despistar a Polícia, o suspeito tinha por hábito não levar a droga exatamente no local. Ele recebia o dinheiro e indicava para o usuário onde a mesma estava escondida, geralmente em um terreno próximo.

Em outras três oportunidades anteriores os policiais fizeram incursões nos arredores, mas não viram as condições necessárias para prender o suspeito. Mas hoje, em uma nova tentativa,  se aproveitaram de um descuido dele e o abordaram. Após revista, com P. foi encontrada uma porção de maconha e R$ 40. Em princípio ele declarou que era usuário e que o dinheiro teria recebido do pai. Mas a história não convenceu os investigadores. Próximo de onde o suspeito foi detido os policiais encontraram outra porção de maconha. A droga estava no interior de uma embalagem de salgadinho.

Uma varredura também foi feita no interior e no quintal da residência na frente da qual ocorria o comércio de drogas ilícitas. A casa, segundo os policiais, é ocupada por um homem que não possui envolvimento com o tráfico de drogas. Mas devido ao seu vício em álcool e habitual estado de embriaguez, quase que diário, permitia que usuários tivessem livre acesso ao seu imóvel.

Em um dos quartos, dormindo, estava a jovem J. F. S. O., de 22 anos. Debaixo do colchão onde repousava foi encontrada uma embalagem no interior da qual havia uma porção grande de crack e uma lâmina de barbear, objeto utilizado para dividir os entorpecentes em unidades menores. Além disso, também foi encontrada a quantia de R$ 189 em notas diversas, bem como pequenos sacos plásticos para embrulhar a substância. De acordo com a investigação, a jovem era vista com freqüência na companhia de P.

Em buscas pelo quintal da casa e num terreno localizado a aproximadamente 30 metros foram encontradas mais 24 porções de maconha no total, todas embrulhadas e preparadas para venda.  A ação resultou na apreensão de mais de 60 gramas de maconha e 14 gramas de crack.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, foram apreendidos dois celulares. Em um deles, pertencente a P., todas as ligações recebidas e efetuadas, bem como as mensagens de texto, foram apagadas recentemente, numa tentativa de eliminar provas da atividade ilegal. As drogas e os objetos foram apreendidos e levados ao Plantão Policial, onde o delegado autuou em flagrante a dupla pelo crime de tráfico. Ambos vão participar de audiência no fórum e se permanecerem presos serão transferidos para unidades prisionais da região.

Um amplo trabalho de investigação antecedeu a prisão.  A dupla vinha sendo monitorada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) havia algum tempo. A tarefa de acompanhamento da rotina dos suspeitos contou com o apoio do Centro Inteligência da Polícia Civil de Avaré.

Da assessoria de imprensa da Polícia Civil.

Veja Também