Prefeito não mostra pulso, mas obra está atrasada

Prefeito não mostra pulso, mas obra está atrasada Fonte da Foto: Ogunhê

Uma obra que deverá passar dos 12 milhões de reais não poderia começar do jeito que começou e foi só a imprensa tomar conhecimento do atraso no pagamento dos operários, até com a presença  do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias  de Construção e do Mobiliário de Bauru e Região, mostra que tudo começou teoricamente errado.

Políticos que batalham ao lado do prefeito chegaram a argumentar que Jô Silvestre não estaria tendo pulso sobre a obra e que, como disse um operário, somente quem aparece, de vez em quando, no canteiro de obras é o secretário de Obras, Alexandre Nigro, mas que é muito difícil o prefeijto aparecer na obra, revelaram dois operários.

Outras informações dão conta de que uma obra desse porte precisaria de um número maior de operários, por isso está atrasada conforme reclama o prefeito em nota à imprensa. Uma  pergunta que merece respeito foi expressa por um operário “se a empresa não está trabalhando certo e não consegue nem mesmo apresentar documentos para receber o repasse, por que esse prefeito não toma providências no sentindo de rescindir esse contrato e abrir outra licitação com empresas de mais capacidade?”.

Veja Também