Prefeito tenta enganar Câmara, diz vereadora

Prefeito tenta enganar Câmara, diz vereadora Fonte da Foto: arquivo

A vereadora Marialva Biazon trouxe a público que o prefeito Jô Silvestre tentou, recentemente, induzir a Câmara de Vereadores a erro, quando não informou todas as alterações no bojo do projeto de Lei Complementar 64/2019. O jornal Avaré Notícias traz detalhes do assunto.

A tentativa da suposta indução foi revelada pela vereadora Marialva, presidente da Comissão de Constituição e Justiça. Segundo ela, o prefeito ao encaminhar o projeto afirmou que o documento visava somente alterar a nomenclatura de cargo já existente no quadro de servidores municipais, mas, ao analisar o texto,  a vereadora disse ter notado que a referência padrão salarial foi alterada de 11 para 12 e, no seu entendimento, o projeto pretendia beneficiar apenas beneficiar 17 funcionaram que estão em cargo de comissão.

Depois de tudo isso o Jurídico da Câmara pede para que o prefeito Jô Silvestre encaminhe para o Legislativo o impacto financeiro, dotação orçamentária e demonstração de que a despesa estará contida dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Veja Também