Prefeito tenta esconder trabalho da oposição em Avaré

Prefeito tenta esconder trabalho da oposição em Avaré Fonte da Foto: assessoria

Os incautos que, praticamente, não acompanham a política de Avaré e que têm compromisso com o Jô Silvestre, já para as próximas eleições, usam de alegações que mostram não só o desinteresse pela cidade, mas também o desconhecimento dos poderes.

Depois que o prefeito Jô Silvestre utilizou de uma emissora de rádio para dizer que os vereadores da oposição não contribuíam com nada para Avaré e voltou a usar o refrão - que a oposição presta um desserviço para cidade - praticamente deu um tiro no pé e jogou para dentro da Câmara uma seletiva carga de argumentos para que os vereadores pudessem mostrar o que estariam fazendo pela cidade.

Foi quando a população teve o conhecimento das emendas conseguidas pela oposição, inclusive algumas dessas já utilizadas pelo prefeito Jô Silvestre, já que estava sem dinheiro, como usar emenda do Partido dos Trabalhadores para pavimentar a Rua Ibrahim Dabus, no bairro Ipiranga, e levar ao conhecimento público que essa pavimentação foi feita com recursos da Prefeitura.

Outro ponto que leva o prefeito a fabricar inverdades contra a oposição é que  provavelmente deve ter passado mal quando soube da notícia que Toninho da Lorsa e Marialva Biazon conseguiram junto ao deputado Samuel Moreira, uma emenda de um milhão de reais para a Santa Casa. Também não esquecendo a emenda de 300 mil conseguida pelo vereador Zandoná, através do deputado Ricardo Madalena, além da promessa de uma ambulância, ainda além de outras que agora não citamos.   

Muitos argumentam: se isso é um desserviço para Avaré, então, a Emapa feita com dinheiro público seria um grande serviço feito pelo prefeito Jô Silvestre?

Veja Também