Prefeitura gasta mais de meio milhão com gratificações e horas extras

Prefeitura gasta mais de meio milhão com gratificações e horas extras Fonte da Foto: Ilustrativa

Com o limite prudencial nas nuvens, a Prefeitura de Avaré vem gastando mais de meio milhão de reais em gratificações e hora extras, o que vem trazendo descontentamento a servidores que afirmam trabalhar e não receber suas horas extras, enquanto que determinados servidores recebem salários e até insalubridade, sentados atrás de uma mesa como relatou uma fonte de dentro da própria Prefeitura. O jornal A Comarca fala sobre esse assunto na edição desta semana.

O prefeito sempre vem com a resposta na ponta da língua com alegações, quando os servidores reclamam da reposição salarial, afirmando não existirem recursos para essa reposição, mas é interessante que gastos desnecessários estão sendo observados pela população, pois não se vê prioridade, num momento que deveria dar o aumento de 11% aos servidores o prefeito tenta dar um aumento de 67% para os médicos.

O curioso é que a equipe do prefeito não consegue baixar o limite prudencial que está nas alturas, justamente pelos grandes salários programados a um seleto grupo de servidores, enquanto que os que realmente molham a camisa, apenas, têm o grupo da rede social para chorar aos amigos dizendo que trabalham, mas não recebem horas extras e ainda têm medo de sofrer retaliação ou perseguição, o que é normal nessa administração.

Veja Também