Prefeitura ignora vinda de empresas para Avaré

Prefeitura ignora vinda de empresas para Avaré Fonte da Foto: Ogunhê

O assunto que está mais sendo discutido na cidade é com relação à despreocupação da Secretaria de Indústria e Comércio e do prefeito Jô Silvestre com relação ao que diz respeito à criação de empregos, como se isso não fosse uma das fatias mais importantes para o município ou não mostrando interesse sobre as grandes empresas que a cidade precisa.

O suposto amadorismo tanto do prefeito Jô Silvestre como da secretária de Indústria e Comercio, Sandra de Fatima Theodoro, mostra uma falha que não poderia ter ocorrido nunca, principalmente quando grandes empresários querem investir no município; e o que chama a atenção é que, quando surge um empresário, nem parece despertar interesse do poder público.

Desde que o prefeito Jô Silvestre tomou posse, há quase 3 anos passados, uma empresa estava sendo instalada onde funcionava a antiga Jasco. O empresário da cidade de Guarantã, perto de Bauru, de nome Osvaldo Shibata resolveu investir em Avaré e construiu sua empresa no ramo de abate de carnes, a CAC- Central de Abates e Carnes, estabelecida no km 9 da rodovia Antonio Salim Curiati, que trará, nos próximos dias, mais de 200 novos empregos para a cidade de Avaré, podendo dobrar a quantidade de empregos em pouco tempo, segundo o empresário.

O que chama a atenção é que o empresário conta que esteve na Prefeitura de Avaré, mas nem conhece o prefeito, contou também que esteve em contato com  Sandra de Fatima Theodoro, secretária da Indústria e Comércio, e não houve preocupação por parte da Prefeitura, na época, mesmo com uma Secretaria de Comunicação que se dizia qualificada, sequer uma informação da vinda da empresa para a imprensa e muito menos para a população.

Isso reflete o total desinteresse da Prefeitura e ainda mostra suposta inoperância de certos setores da Prefeitura, principalmente numa crise de desemprego que Avaré passa; como narrou o proprietário da empresa Osvaldo Shibata, pessoas de nível escolar alto estariam se apresentando para conseguir garantir uma vaga na empresa que deverá entrar em funcionamento nos próximos dias.  

Veja Também