PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Prefeitura retoma convênio com COSA

De acordo com a Prefeitura, dirigentes do Conselho de Obras Sociais de Avaré (COSA) formalizaram parceria através da assinatura do Termo de Fomento com a Prefeitura de Avaré, até o final do ano, em que receberão cerca de 122 mil reais para atuar em algumas frentes de trabalho desenvolvidas pela instituição.

Entretanto, nem mesmo a Prefeitura ou os diretores do Conselho de Obras Sociais de Avaré (COSA), explicaram à sociedade como ficou o processo contra a antiga diretoria do Cosa, sobre repasse em mais de meio milhão de reais durante o ano de 2011, cujos valores de mais de 16 mil reais e de mais de 8 mil e quinhentos reais o Tribunal de Contas do Estado julgou irregulares.

Não houve qualquer informação à imprensa sobre esse fato, que está no processo (...) notificar pessoalmente a Entidade Beneficiária para recolhimento aos cofres públicos, no prazo de 30 dias, das quantias de 16.078,19 e 8.546,66 devidamente atualizadas.

Na época, o recurso impetrado pelo então presidente do Conselho de Obras Sociais de Avaré foi indeferido e a Conselheira Cristiana de Castro Moraes relatora do Tribunal de Contas acabou “condenando a beneficiária à devolução desses valores devidamente atualizados aos cofres públicos e a não receber novos repasses até regularização das pendencias, nos termos do artigo 102, do mesmo Diploma Legal”.

Diante da informação que a Prefeitura de Avaré e a direção do Conselho de Obras Sociais de Avaré estariam formalizando parcerias que contam com repasses, torna-se necessário esclarecer que, durante todo esse período, a imprensa não teve conhecimento se os valores apontados pelo Tribunal de Contas foram recolhidos aos cofres públicos, conforme determinado, para que a Prefeitura pudesse fazer agora uma parceria com repasse de mais de 120 mil.

A sociedade avareense tem direito de saber se houve o recolhimento ou o que foi feito para que, agora, o COSA possa receber novos repasses.  

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

25 de setembro, 2017

CPI contra prefeito deve acontecer hoje na Câmara

25 de setembro, 2017

Apae realiza caminhada em comemoração ao mês de inclusão da pessoa com deficiência

25 de setembro, 2017

Feira da Educação será atração na Frea

25 de setembro, 2017

Câmara tem por obrigação investigar o executivo

25 de setembro, 2017

Advogado confunde liberdade de expressão com perseguição

25 de setembro, 2017

Delegado descreve sobre criminalidade em Avaré

25 de setembro, 2017

Antiético, secretário nega fontes em matérias do Semanário

25 de setembro, 2017

Avaré: uma cidade que teima em não crescer

25 de setembro, 2017

Corte de arvores faz avareense sentir mais calor

25 de setembro, 2017

Semanário erra e grafa errado o título da campanha do Refis

23 de setembro, 2017

Jô Silvestre “Crime contra a fé pública eleitoral e falsidade ideológica”

23 de setembro, 2017

Em nota, Prefeitura suspende cobrança de taxa de lixo

23 de setembro, 2017

Taxa de lixo: mais uma vez Prefeitura volta atrás

23 de setembro, 2017

Prefeitura suspende aulas de informática no ensino municipal

23 de setembro, 2017

ACIA convoca associados na luta contra Fest Country em dezembro

23 de setembro, 2017

Rotarianos e voluntários no plantio árvores

22 de setembro, 2017

Secretário usa emissora para defender governo

22 de setembro, 2017

Rádio vira extensão da Secretaria de Comunicação

22 de setembro, 2017

Investigação sobre sublocação de som faz parte da política

22 de setembro, 2017

Continuam pagamentos ilegais na Educação Municipal de Avaré

22 de setembro, 2017

Rejeitada mais uma denúncia sobre pintura de postes

22 de setembro, 2017

Aumento do Vale Alimentação será analisado pela Câmara

Ir para o topo