Prefeitura solicita que feirantes desmontem barracas até 1 hora da tarde

Prefeitura solicita que feirantes desmontem barracas até 1 hora da tarde Fonte da Foto: ilustrativa

A solicitação feita pela Prefeitura para que feirantes desmontem suas barracas, até as 13 horas, ou seja, uma da tarde, para que os coletores de lixo possam limpar tudo, foi mandada pelo setor de fiscalização para os feirantes.

Ocorre que alguns feirantes, principalmente aqueles que trabalham com barracas de alimentação, no caso, o nosso famoso pastel, afirmaram que o pedido é impossível de ser realizado pois é justamente nesse horário que vendem muito mais e não precisariam desmontar no horário solicitado já que possuem Alvará de Funcionamento da Prefeitura.

Para muitos, essa atitude da Prefeitura é reconhecida como um absurdo, pelo fato da fiscalização ter esse comportamento contra quem está defendendo o pão de cada dia. Uma pessoa chegou a dizer que “temos essa feira há uns 50 anos e agora, por causa dos coletores, que foram terceirizados não querem pagar hora extra”.

O cidadão deixa claro que os trabalhadores da feira não tem nada com isso. Outro feirante foi mais longe e disse que é falta de coerência total e que quem frequenta a feira aos domingos  sabe é impossível cumprir essa determinação nesse horário.

Outro cidadão chegou a argumentar que não sabe  o que esperar dessa administração; na opinião dele, a cidade está falida, não tem projeto para nada e ajuda para melhoria da cidade não existe, mas os salários dessas pessoas estão em dia, aí ficam fazendo isso, só para  prejudicar quem quer trabalhar.

O assunto foi parar nas redes sociais onde muita gente critica a atitude da Prefeitura;, mas não deixa de ter alguns que acham que a Prefeitura estaria certa. É um assunto que precisa se discutir com mais eficácia porque não está fácil ganhar o pão e cada dia. Por outro lado, a critic,a como foi dito, não é contra a limpeza, mas para ser feita a limpeza depois das barracas desmontadas.  Alguns estão acreditando que o vereador Alessandro Rios tenha uma saída para essa situação.

Veja Também