Pronto Socorro volta a ser notícia na imprensa

Pronto Socorro volta a ser notícia na imprensa Fonte da Foto: internet

Cidadã denunciou recentemente o que foi chamada por ele como um descaso, depois que o cidadão foi em busca de atendimento no Pronto Socorro de Avaré e não conseguiu nem mesmo obter um diagnóstico sobre o seu problema de saúde.

A situação tem sido tão dramática no Pronto Socorro que a uma pessoa chegou a procurar um jornal da cidade para relatar o problema que sua sogra passou no Pronto Socorro de Avaré, relatando ao Jornal A Voz do Vale narrando a situação de sua sogra que a mais de um mês vinha pedindo socorro no atendimento do Pronto Socorro e cada vez, segundo a cidadã era apontado uma situação diferente sobre a sogra da cidadã.

Depois de muita coisa que já foi narrado pela cidadã ao jornal A Voz do Vale, ela marcou uma consulta da sogra em um Posto de Saúde e foi solicitado pelo médico um ultrassom do abdômen, exame que ela chegou a pagar, apontando o exame que era problema de vesícula e precisava de cirurgia. Pior que isso é que mesmo com o exame nas mãos a sogra da cidadã apenas foi medicada no Pronto Socorro por duas semanas e mesmo que havia necessidade de cirurgia não era encaminhada.

A cidadã classificou como um caso absurdo, dizendo que precisava de um papel para ser atendida e reclamou a cidadã que tem que chegar morrendo para ser atendida, questionando o caso de sua sogra, mas depois de duas semanas a cidadão procurou o jornal A Voz do Vale para contar que sua sogra tinha sido internada para realizar a cirurgia.  Na época o jornal questionou a Prefeitura sobre esse caso, mas no fechamento da edição não houve manifestação por parte dos responsáveis.

Veja Também