Protocolada Moção de Repúdio contra Interativa e Zenna Araújo

Protocolada Moção de Repúdio contra Interativa e Zenna Araújo Fonte da Foto: ilustrativa

Foi protocolada ontem com leitura em plenário, uma Moção de Repúdio da Câmara de Vereadores de Avaré contra a proprietária da Interativa FM, Marlene Machado, esposa do deputado Campos Machado, a Interativa e também contra o Secretário de Comunicação Municipal, Zenna Araújo.

O Poder Legislativo de Avaré através da maioria de seus membros destaca que as críticas produzidas pelo programa de jornalismo da emissora, no comando do Secretário de Comunicação, sem qualquer apuração, com afirmações adjetivadas que acabam por prejudicar a imagem da Câmara de Vereadores, sem dar direito de defesa e nem ouvindo as partes envolvidas na divulgação.

A emissora da esposa do deputado Campos Machado passa pela segunda vez por uma situação desagradável, tendo sido registrado, na noite de ontem, na Câmara, mais uma Moção de Repúdio.

Na primeira vez, a emissora obteve repúdio do Conselho do Plano Diretor de Avaré o que, querendo ou não, teve um peso negativo para a emissora.

Desta vez, agora ocupando o cargo de Secretário de Comunicação, o chefe do jornalismo da Interativa teria feito do jornalismo a extensão da sua assessoria ao prefeito Jô Silvestre, fato que estaria acarretando desgaste muito grande para a radio, assunto mais comentado quando se fala em jornalismo da emissora da esposa do deputado Campos Machado.

A Moção de Repúdio contra a esposa de Campos Machado, Zenna Araujo e a rádio Interativa foram assinadas pelos vereadores: Toninho da Lorsa, Sergio Fernandes, Jairinho do Paineiras, Adalgisa Ward, Carlos Alberto Estati, Ernesto Albuquerque, Marialva Biazon e Barreto de Monte Neto, alcançando um numero significativo de assinaturas, chegando a 9, o que significa que esse ato deverá pesar e muito, não apenas à emissora, mas também para sua proprietária, podendo refletir, também, no Deputado Campos Machado.

Agora, depois de tudo que ocorreu na noite de ontem a Moção de Repúdio vai para as comissões e, depois de aprovada, será encaminhada a todas as pessoas envolvidas, endereçada também à Assembléia Legislativa de São Paulo e para várias câmaras da região, sendo ainda publicada no Semanário Oficial do Município.

 

Veja Também