PAPO DE ESQUINA

Jornal do Ogunhe

Quando o interesse pessoal fala mais alto

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Avaré vem fazendo um verdadeiro malabarismo para defender o prefeito, nem que para isso precise atacar indiscriminadamente setores da imprensa, sem argumentos que possam oferecer à população uma versão verdadeira.

Aquele que deveria ser o contato do governo com a imprensa mostra total desconhecimento da função que ocupa, colocando-se como inatingível, como se fosse agora o dono da verdade, não aceitando ser contrariado pela imprensa, com quem seu relacionamento é zero.

Possivelmente, o prefeito ainda não percebeu que não existe comunicação em seu governo e, como dizia Chacrinha, “quem não se comunica se trumbica” e isso já vem ocorrendo com o atual prefeito. O secretário conseguiu algo inusitado que levou a população avareense a conhecê-lo definitivamente, depois que brigou com a imprensa e com a Câmara de Vereadores.

Quem sempre acompanha nosso trabalho aqui no Jornal do Ogunhê tem percebido que relatamos fatos que ocorrem nesse governo e mesmo que fosse outra pessoa investida no cargo, sofreria a mesma investigação de nossa parte, porque entendemos o que é liberdade de expressão, muito diferente de ataques pessoais.

Nossa preocupação é com fatos e não com pessoas, por isso não podemos concordar com o secretário que agora faz das tripas coração para defender aquele que ele mais detestou na vida, o atual prefeito Jô Silvestre. Quanto ao caso do adiantamento de diárias são lamentáveis os argumentos de um secretário que esquece fatos com a maior naturalidade, depois de mostrar a que veio.

Quem não se lembra do quanto foi criticada a vice-prefeita Bruna Silvestre que, quando presidente da Câmara, seu motorista retirava um mísero valor de 600,00 reais como adiantamento para viagem da presidente a São Paulo? O atual secretário de Comunicação chegava a perder o folego, criticando seus gastos, até mesmo em restaurantes.

Para que nossos leitores entendam, na época, o atual secretário de Comunicação criticava com veemência o apertado valor retirado, mas, agora, dois servidores que, supostamente, não poderiam sequer solicitar retirada para custeio de viagem chegam a retirar a quantia de 5 mil reais ele diz, sem qualquer cerimônia, que isso é permitido, é legal.   

Perde-se em argumentos, não percebendo que a sociedade já está completamente ciente de seu péssimo comportamento como secretário, uma vez que considera que o prefeito Jô Silvestre hoje tudo pode, mas não podia em governos passados.

Tags:

SEC AVARÉ

VEJA TAMBÉM

25 de setembro, 2017

CPI contra prefeito deve acontecer hoje na Câmara

25 de setembro, 2017

Apae realiza caminhada em comemoração ao mês de inclusão da pessoa com deficiência

25 de setembro, 2017

Feira da Educação será atração na Frea

25 de setembro, 2017

Câmara tem por obrigação investigar o executivo

25 de setembro, 2017

Advogado confunde liberdade de expressão com perseguição

25 de setembro, 2017

Delegado descreve sobre criminalidade em Avaré

25 de setembro, 2017

Antiético, secretário nega fontes em matérias do Semanário

25 de setembro, 2017

Avaré: uma cidade que teima em não crescer

25 de setembro, 2017

Corte de arvores faz avareense sentir mais calor

25 de setembro, 2017

Semanário erra e grafa errado o título da campanha do Refis

23 de setembro, 2017

Jô Silvestre “Crime contra a fé pública eleitoral e falsidade ideológica”

23 de setembro, 2017

Em nota, Prefeitura suspende cobrança de taxa de lixo

23 de setembro, 2017

Taxa de lixo: mais uma vez Prefeitura volta atrás

23 de setembro, 2017

Prefeitura suspende aulas de informática no ensino municipal

23 de setembro, 2017

ACIA convoca associados na luta contra Fest Country em dezembro

23 de setembro, 2017

Rotarianos e voluntários no plantio árvores

22 de setembro, 2017

Secretário usa emissora para defender governo

22 de setembro, 2017

Rádio vira extensão da Secretaria de Comunicação

22 de setembro, 2017

Investigação sobre sublocação de som faz parte da política

22 de setembro, 2017

Continuam pagamentos ilegais na Educação Municipal de Avaré

22 de setembro, 2017

Rejeitada mais uma denúncia sobre pintura de postes

22 de setembro, 2017

Aumento do Vale Alimentação será analisado pela Câmara

Ir para o topo