Quando se perde, gestão Jô Silvestre prefere mirar na imprensa

Quando se perde, gestão Jô Silvestre prefere mirar na imprensa Fonte da Foto: divulgação

Não é de hoje que o clã da família Silvestre costuma apontar seus dedos na direção da imprensa que lhe é crítica e não lhe faz elogios desvairados como submissão, e todos sabem que na época em que foi prefeito Joselyr Silvestre tinha os seus preferidos, chamando de imprensa marrom todos aqueles que não concordavam com os seus desmandos. O tempo passou, e muitas matérias da imprensa serviram para embasamento de processos, e no final a conotação é que Silvestre estava errado, pois a imprensa séria continua desempenhando o seu papel, e o ex-prefeito hoje amarga as barras da Justiça, com dezenas de processos e condenação à prisão.  

Conversando com inúmeros avareenses sobre o comportamento da atual administração, o que se vê é uma repetição dos erros do pai, com o agravante que o filho se encontra assessorado por pessoas que, em tese, demonstram forte ódio contra a imprensa da cidade, a qual tratam com desdém e palavras rudes, sempre em posição de não aceitar críticas, como se fossem acima do bem e do mal, e separando os jornalistas entre aqueles que lhes são fiéis e amigos, e aqueles que estão na posição de buscar a verdade, em favor do jornalismo sério.

É notório que quando fica de frente com problemas sérios e que precisam de explicações mais bem elaboradas, para responder a alguém, a gestão Silvestre acaba aumentando o caso quando não é necessário.

A Prefeitura se mostra não precisar da imprensa, mas quando a mesma levanta uma questão que vai trazer-lhes aborrecimentos notáveis, uma tropa de choque, alguns sem nem mesmo levantar a questão com mais propriedade, prefere atacar a imprensa, o que se percebe que se trata de um comportamento mais político do que propriamente uma explicação.

Veja Também