Repúdio de Beraldo contra Toninho cita Jornal do Ogunhê

Repúdio de Beraldo contra Toninho cita Jornal do Ogunhê Fonte da Foto: Câmara de Arandu

O presidente da Câmara de Arandu, Ronaldo Beraldo, ao manifestar um repúdio contra o vereador de Avaré Toninho da Lorsa, chegou em seus argumentos a citar até mesmo o Jornal do Ogunhê, alegando que o jornal teria falado de maneira gratuita sem tomar muito com a veracidade da informação.

O presidente do Legislativo de Arandu que é pai do Secretário de Cultura em Avaré, Diego Beraldo, parece não ter entendido o teor da notícia do Jornal do Ogunhê, pois este informativo trouxe o que mais era de verdadeiro nessa história que ocorreu em Arandu e o que nos chama a atenção é que tudo que foi relatado por este jornal foi esclarecido, depois de uma leitura feita pelo vereador Roberto Araújo, na Câmara.

O prefeito de Arandu, Castelo, que também é parente do prefeito de Avaré, Jô Silvestre, teria feito a mesma coisa que está ocorrendo em Avaré. Caso o político Ronaldo Beraldo não saiba, o jornal teve acesso ao processo, onde a Justiça afirma que o prefeito de Arandu gastava com festas banais e não foi este informativo que colocou a informação a bel prazer, tanto que o assunto repercutiu não apenas na Câmara, mas também na cidade.

O jornal a nenhum momento informou erroneamente, pois o caso é pior do que o presidente da Câmara de Arandu, Ronaldo Beraldo, aparenta não saber. Basta lembrar uma festa em Arandu onde a população da cidade não pagava para estacionar, mas a população da região, sim, o que é bem diferente agora aqui em Avaré em que a grande festa do governo em que seu filho (Diego Beraldo) é responsável, tudo é de graça, menos os camarotes a 4 mil reais.

Além do mais, ao citar o Jornal do Ogunhê, nesse combinado repúdio, deveria, agora, o presidente da Câmara de Arandu Ronaldo Beraldo, mostrar seu tino político e viesse a cobrar (se é que terão coragem) quem realmente colocou em um processo  que as festas feitas pelo seu amigo Castelo são banais.

A título de informação: o que Ronaldo Beraldo parece ter esquecido é que o caso que ocorreu com o prefeito Castelo, que tinha dinheiro para fazer festa milionária e não, para pagar em dia a Caixa de Previdência dos Funcionários de Arandu, teoricamente, é muito semelhante ao que vem ocorrendo em Avaré e, provavelmente, não vai demorar para a Justiça tomar conhecimento (a título apenas de informação, como dissemos acima).

Veja Também